16 de julho de 2020Informação, independência e credibilidade

Interior

Sesi entrega Indústria do Conhecimento na Emancipação de Santana do Mundaú

Sesi entrega Indústria do Conhecimento na Emancipação de Santana do Mundaú

Interior, Notícias
A volta às aulas, pós-pandemia, será especial para os estudantes do município de Santana do Mundaú, na Zona da Mata alagoana. Isso porque o município ganhou, do Serviço Social da Indústria (Sesi), uma unidade da Indústria do Conhecimento, espaço contendo milhares de títulos na forma de livros, CDs e DVDs, além de dez computadores conectados à internet. Na segunda-feira, 8, o presidente da Federação das Indústrias (Fiea), José Carlos Lyra de Andrade, e o prefeito Arthur Freitas oficializaram a parceria durante reunião na Casa da Indústria. E na quarta-feira, 10, a Indústria do Conhecimento foi entregue oficialmente, numa cerimônia restrita, seguindo as recomendações das autoridades de saúde em meio à pandemia de Covid-19. “A educação é essencial para promover o desenvolvimento. Al
Desumano: Moradores de rua são recolhidos em Palmeira e despejados em Paulo Jacinto

Desumano: Moradores de rua são recolhidos em Palmeira e despejados em Paulo Jacinto

Blog, Interior, Por Elas
Um ato desumano! Daqueles de causar indignação, muito mais do que desconforto ou medo em qualquer pessoa que tenha um mínimo de sensibilidade. Cerca de 10 moradores de rua da cidade de Palmeira dos Índios foram recolhidos numa van e despejados (talvez a palavra mais adequada fosse descartados), às margens da rodovia AL-210, na entrada da cidade de Paulo Jacinto. Eu poderia definir com o que se chama 'presente de grego'. Porém, mais do que isso, é uma atitude desprezível, que nos leva a perguntar o que move o coração de determinados seres humanos em relação aos seus iguais. Sim, porque embora vivamos em meio a estupendas desigualdades sociais, somos iguais nas condições de seres humanos, com as mesmas necessidades básicas, inclusive a de sermos tratados com um mínimo de respeito. Rece
Senai doa EPIs para profissionais de saúde em Maceió e Santana

Senai doa EPIs para profissionais de saúde em Maceió e Santana

Interior, Notícias
Os trabalhadores da área de saúde do Hospital Regional de Santana do Ipanema, no Sertão alagoano, ganharam um reforço na segurança para exercer suas funções em tempos de pandemia do novo coronavírus. Na manhã desta quinta-feira, 30, chegaram ao local 40 protetores faciais doados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Outras 50 unidades foram entregues ao Sesi/Saúde, em Maceió. O material, leve, prático e resistente, é fabricado nas unidades Sesi/Senai do Benedito Bentes e Senai Poço, na capital. “Esta é mais uma das ações que o Senai desenvolve para combater a Covid-19 em nosso Estado. Para que essa rede de solidariedade dê certo, contamos também com a parceria de indústrias que nos doam a matéria-prima”, explica o gerente de Tecnologia da Entidade, Welton Barbosa
Sesi inaugura Indústria do Conhecimento em Cacimbinhas

Sesi inaugura Indústria do Conhecimento em Cacimbinhas

Interior, Notícias
O Serviço Social da Indústria (Sesi), em parceria com a Prefeitura de Cacimbinhas, inaugurou, na manhã desta quarta-feira, 15, uma unidade do programa Indústria do Conhecimento no município sertanejo localizado a 176 quilômetros de Maceió. A solenidade reuniu dirigentes do Sistema Fiea, autoridades locais e a população. O centro multimídia, equipado com dez computadores conectados à internet, possui uma biblioteca com cerca de 4,5 mil livros, CDs e DVDs com conteúdos literários e científicos. No local, trabalhadores e a comunidade, especialmente alunos da rede municipal de ensino, encontram oportunidades de pesquisa, por meio do acesso à leitura e à internet, além de cursos ofertados pelo Sesi, em parceria com a prefeitura. É uma obra que vai contribuir com a Educação de Cacimbin
Adeal confirma foco de peste suína em Alagoas e animais serão sacrificados

Adeal confirma foco de peste suína em Alagoas e animais serão sacrificados

Interior
A ocorrência do foco de Peste Suína Clássica (PSC) no município de Traipu, no Agreste alagoano, foi confirmada pela Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal). Fiscais agropecuários foram acionadas e já estão atuando na região. Medidas como a interdição da propriedade ou proibição do trânsito de suínos estão sendo tomadas pela Agência em busca da contenção e da eliminação da doença. A Polícia Militar de Alagoas está acompanhando os técnicos da agência, por questões de segurança, mas não houve registros de resistência dos produtores, que estão contribuindo para a segurança do rebanho. A vigilância epidemiológica no Estado está sendo intensificada e que apenas os animais diagnosticados com a peste suína serão sacrificados. A propriedade onde o foco foi encontra
Rio Largo: Micro-ônibus são destruídos em incêndio dentro de galpão

Rio Largo: Micro-ônibus são destruídos em incêndio dentro de galpão

Interior
Um galpão com quatro micro-ônibus que faziam o transporte de passageiros entre a cidade de Rio Largo, na região metropolitana, e Maceió, foi destruído por um incêndio na madrugada desta terça-feira. Alugado pela Associação de Transporte Complementar de Rio Largo, o galpão servia como oficina, há mais de 40 dias. O primeiro chamado ao Corpo de Bombeiros foi registrado às 3h25. Quatro viaturas e 12 militares trabalharam no combate às chamas. A Polícia Militar esteve no local e os responsáveis aguardam a chegada da Polícia Civil. As causas do incêndio ainda são desconhecidas, mas todos os carros foram destruídos.
Queijaria cheia de moscas e larvas, que também alimentava uma pocilga, é interditada

Queijaria cheia de moscas e larvas, que também alimentava uma pocilga, é interditada

Interior
Durante a execução das ações em defesa da saúde da população, a equipe de produtos de origem animal, da 10° etapa da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (FPI do São Francisco), interditou uma queijaria clandestina, que funcionava no povoado Dionel, no município de Batalha. Na ação foram apreendidos 129kg de queijo coalho e alguns utensílios plásticos e em madeira, além de duas prensas. O proprietário do local, também mantinha em funcionamento uma pocilga. A queijaria estava em total desconformidade com as normas sanitárias exigidas e cometendo várias agressões ao meio ambiente. O que coloca a população da região em risco. Os fiscais flagraram o uso de utensílios enferrujados, banblonas de armazenamento sem condição de uso. O espaço onde os
Minador do Negrão: FPI lavra dois autos de infração contra maternidade

Minador do Negrão: FPI lavra dois autos de infração contra maternidade

Interior
A força-tarefa da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (FPI do São Francisco) lavrou, nessa quinta-feira (8), dois autos de infração, no valor aproximado de R$15 mil. Dessa vez o alvo foi a Casa Maternal Leonor Paes Ferro, localizada em Minador do Negrão, Sertão alagoano. Durante a vistoria foi descoberto que a unidade funcionava sem a licença ambiental de operação. Além disso, os resíduos de serviço de saúde estavam armazenados de forma incorreta, de acordo com que estabelece a legislação. Também foram observados problemas na parte estrutural: havia infiltrações e fungos nas paredes, o prédio não dispunha de extintores de incêndio e de material para esterilização e os produtos de limpeza, de uso doméstico, estavam sendo utilizados de forma ina
FPI constata abandono nas aldeias indígenas

FPI constata abandono nas aldeias indígenas

Interior
Os índios alagoanos continuam enfrentando dias muito difíceis. A maioria das nove aldeias localizadas em Palmeira dos Índios - município que abriga o maior número delas - permanece sem estrutura mínima de moradia. Para se ter uma ideia, grande parte das casas ainda são de taipa e, no interior delas, não há sequer banheiros. Por isso, buracos precisam ser cavados no chão de terra como única opção para enterrar sedimentos. Porém, as dificuldades vivenciadas no cotidiano não param aí. Além da falta de água encanada e de saneamento básico, muitos indígenas não dispõem, por exemplo, de posto de saúde nem de escola em suas aldeias. A constatação é da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (FPI do São Francisco) que, desde o início desta semana,
Palmeira dos Índios: FPI lavra auto de infração contra Hospital Santa Rita

Palmeira dos Índios: FPI lavra auto de infração contra Hospital Santa Rita

Interior
O primeiro dia de atuação da 10 °etapa da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (FPI do São Francisco) resultou também na inspeção do Hospital Santa Rita, localizado em Palmeira dos Índios, Agreste alagoano. Depois de flagrarem várias irregularidades no local, os integrantes da equipe Centros de Saúde lavraram um auto de infração no valor aproximado de R$ 5 mil. A falta de licença ambiental de operação e o manejo e destinação final dos resíduos inadequados, conforme os parâmetros estabelecidos em lei, foram algumas das irregularidades encontradas pela equipe da FPI. Mas os fiscais também acharam irregularidades de caráter estrutural na unidade de saúde. Não havia sido implantado, por exemplo, o projeto contra incêndios. No interior do imó