9 de abril de 2020Informação, independência e credibilidade

Interior

Sesi inaugura Indústria do Conhecimento em Cacimbinhas

Sesi inaugura Indústria do Conhecimento em Cacimbinhas

Interior, Notícias
O Serviço Social da Indústria (Sesi), em parceria com a Prefeitura de Cacimbinhas, inaugurou, na manhã desta quarta-feira, 15, uma unidade do programa Indústria do Conhecimento no município sertanejo localizado a 176 quilômetros de Maceió. A solenidade reuniu dirigentes do Sistema Fiea, autoridades locais e a população. O centro multimídia, equipado com dez computadores conectados à internet, possui uma biblioteca com cerca de 4,5 mil livros, CDs e DVDs com conteúdos literários e científicos. No local, trabalhadores e a comunidade, especialmente alunos da rede municipal de ensino, encontram oportunidades de pesquisa, por meio do acesso à leitura e à internet, além de cursos ofertados pelo Sesi, em parceria com a prefeitura. É uma obra que vai contribuir com a Educação de Cacimbin
Adeal confirma foco de peste suína em Alagoas e animais serão sacrificados

Adeal confirma foco de peste suína em Alagoas e animais serão sacrificados

Interior
A ocorrência do foco de Peste Suína Clássica (PSC) no município de Traipu, no Agreste alagoano, foi confirmada pela Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal). Fiscais agropecuários foram acionadas e já estão atuando na região. Medidas como a interdição da propriedade ou proibição do trânsito de suínos estão sendo tomadas pela Agência em busca da contenção e da eliminação da doença. A Polícia Militar de Alagoas está acompanhando os técnicos da agência, por questões de segurança, mas não houve registros de resistência dos produtores, que estão contribuindo para a segurança do rebanho. A vigilância epidemiológica no Estado está sendo intensificada e que apenas os animais diagnosticados com a peste suína serão sacrificados. A propriedade onde o foco foi encontra
Rio Largo: Micro-ônibus são destruídos em incêndio dentro de galpão

Rio Largo: Micro-ônibus são destruídos em incêndio dentro de galpão

Interior
Um galpão com quatro micro-ônibus que faziam o transporte de passageiros entre a cidade de Rio Largo, na região metropolitana, e Maceió, foi destruído por um incêndio na madrugada desta terça-feira. Alugado pela Associação de Transporte Complementar de Rio Largo, o galpão servia como oficina, há mais de 40 dias. O primeiro chamado ao Corpo de Bombeiros foi registrado às 3h25. Quatro viaturas e 12 militares trabalharam no combate às chamas. A Polícia Militar esteve no local e os responsáveis aguardam a chegada da Polícia Civil. As causas do incêndio ainda são desconhecidas, mas todos os carros foram destruídos.
Queijaria cheia de moscas e larvas, que também alimentava uma pocilga, é interditada

Queijaria cheia de moscas e larvas, que também alimentava uma pocilga, é interditada

Interior
Durante a execução das ações em defesa da saúde da população, a equipe de produtos de origem animal, da 10° etapa da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (FPI do São Francisco), interditou uma queijaria clandestina, que funcionava no povoado Dionel, no município de Batalha. Na ação foram apreendidos 129kg de queijo coalho e alguns utensílios plásticos e em madeira, além de duas prensas. O proprietário do local, também mantinha em funcionamento uma pocilga. A queijaria estava em total desconformidade com as normas sanitárias exigidas e cometendo várias agressões ao meio ambiente. O que coloca a população da região em risco. Os fiscais flagraram o uso de utensílios enferrujados, banblonas de armazenamento sem condição de uso. O espaço onde os
Minador do Negrão: FPI lavra dois autos de infração contra maternidade

Minador do Negrão: FPI lavra dois autos de infração contra maternidade

Interior
A força-tarefa da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (FPI do São Francisco) lavrou, nessa quinta-feira (8), dois autos de infração, no valor aproximado de R$15 mil. Dessa vez o alvo foi a Casa Maternal Leonor Paes Ferro, localizada em Minador do Negrão, Sertão alagoano. Durante a vistoria foi descoberto que a unidade funcionava sem a licença ambiental de operação. Além disso, os resíduos de serviço de saúde estavam armazenados de forma incorreta, de acordo com que estabelece a legislação. Também foram observados problemas na parte estrutural: havia infiltrações e fungos nas paredes, o prédio não dispunha de extintores de incêndio e de material para esterilização e os produtos de limpeza, de uso doméstico, estavam sendo utilizados de forma ina
FPI constata abandono nas aldeias indígenas

FPI constata abandono nas aldeias indígenas

Interior
Os índios alagoanos continuam enfrentando dias muito difíceis. A maioria das nove aldeias localizadas em Palmeira dos Índios - município que abriga o maior número delas - permanece sem estrutura mínima de moradia. Para se ter uma ideia, grande parte das casas ainda são de taipa e, no interior delas, não há sequer banheiros. Por isso, buracos precisam ser cavados no chão de terra como única opção para enterrar sedimentos. Porém, as dificuldades vivenciadas no cotidiano não param aí. Além da falta de água encanada e de saneamento básico, muitos indígenas não dispõem, por exemplo, de posto de saúde nem de escola em suas aldeias. A constatação é da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (FPI do São Francisco) que, desde o início desta semana,
Palmeira dos Índios: FPI lavra auto de infração contra Hospital Santa Rita

Palmeira dos Índios: FPI lavra auto de infração contra Hospital Santa Rita

Interior
O primeiro dia de atuação da 10 °etapa da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (FPI do São Francisco) resultou também na inspeção do Hospital Santa Rita, localizado em Palmeira dos Índios, Agreste alagoano. Depois de flagrarem várias irregularidades no local, os integrantes da equipe Centros de Saúde lavraram um auto de infração no valor aproximado de R$ 5 mil. A falta de licença ambiental de operação e o manejo e destinação final dos resíduos inadequados, conforme os parâmetros estabelecidos em lei, foram algumas das irregularidades encontradas pela equipe da FPI. Mas os fiscais também acharam irregularidades de caráter estrutural na unidade de saúde. Não havia sido implantado, por exemplo, o projeto contra incêndios. No interior do imó
FPI flagra venda irregular de aves silvestres na feira de Arapiraca

FPI flagra venda irregular de aves silvestres na feira de Arapiraca

Interior
A Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (FPI do São Francisco) flagrou, nesta segunda-feira (5), a comercialização de aves silvestres na feira livre de Arapiraca. O trabalho da FPI começou por volta das 5h da manhã e, dentre as espécies resgatadas, estavam Galo de Campina, Papa Capim e Sabiá. Uma pessoa foi detida e levada para delegacia da cidade. De acordo com o coordenador da equipe Resgate de Fauna, Epitácio Correia, não foi encontrado um grande número de aves, mas que isso já pode ser apontado como resultado dos trabalhos desenvolvidos em FPIs anteriores. "Realizamos, além de um trabalho fiscalizatória, outro de caráter educativo. Quando começamos a FPI , aprendíamos 100, 120 aves a cada vez que chegávamos na feira. Ficávamos com nosso
Promotoria de Igreja Nova detecta falhas em postos de saúde

Promotoria de Igreja Nova detecta falhas em postos de saúde

Interior
O projeto MP na Unidade, uma iniciativa do Núcleo de Defesa da Saúde Pública (Nudesp) do Ministério Público Estadual de Alagoas (MPAL), está realizando vistorias nos postos de saúde da cidade de Igreja Nova. Em três dias de fiscalização, o promotor de justiça Paulo Henrique Prado já conseguiu constatar algumas irregularidades, que serão alvo de recomendações a serem expedidas à Prefeitura nos próximos dias. Das 17 unidades e extensões de saúde que existem no município, sete já foram visitadas pela Promotoria de Justiça de Igreja Nova. Até a semana que vem, Paulo Henrique Prado pretende ir as outras 10, de modo que, após concluir todas as vistorias, um relatório seja elaborado, apontando as deficiências encontradas e dando um prazo para que a administração pública possa fazer as devidas a
Desembargador mantem aplicação das provas do concurso de Rio Largo para este domingo

Desembargador mantem aplicação das provas do concurso de Rio Largo para este domingo

Interior
O desembargador Domingos Neto suspendeu a determinação da Justiça, que decidiu pela suspensão do concurso público do município de Rio Largo, e decidiu manter a aplicação das provas na data prevista, no próximo domingo (4). Uma ação popular questionava alguns pontos previstos no edital do concurso para agentes municipal de trânsito, como a exigência de teste de aptidão física (TAF). Como uma liminar impedia que para o cargo não fosse mais exigido o TAF, a Procuradoria-Geral do Município recomendou a retificação do edital excluir a medida. O desembargador Domingos Neto decidiu que o cancelamento das provas iria afetar não só o município, mas os 15.896 candidatos inscritos no concurso. As provas serão mantidas em conformidade com o edital devidamente retificado no dia 31 de julho.