18 de janeiro de 2020Informação, independência e credibilidade

Mundo

Países se ofereceram para ajudar a apurar queda de avião possivelmente abatido no Irã

Países se ofereceram para ajudar a apurar queda de avião possivelmente abatido no Irã

Mundo
Vários países já se ofereceram como voluntários para ajudar a esclarecer as causas da queda do Boeing 737-800, da Ukraine International Airlines, que caiu quarta-feira (8) em Teerã, no Irã. As causas ainda estão sendo apuradas, mas os Estados Unidos, a Austrália, o Canadá e Reino Unido, não têm dúvidas: um míssil foi a causa da tragédia, que provocou a morte de 176 pessoas. As dúvidas são muitas sobre o que teria provocado o acidente. A bordo seguiam 176 pessoas e todas morreram. Nas últimas horas, representantes dos EUA e do Canadá levantaram a suspeita de que o avião tenha sido atingido inadvertidamente por um míssil. Ontem, circulou um vídeo mostrando uma explosão com o avião logo depois de decolar: Newly surfaced video appears to show the moment a Ukrainian airliner may
Papa: 2020 será crucial para concretizar um mundo sem armas nucleares

Papa: 2020 será crucial para concretizar um mundo sem armas nucleares

Mundo
O papa Francisco disse que 2020 será um ano crucial para a concretização de um mundo sem armas nucleares. Nessa quinta-feira (9), o pontífice fez o seu discurso de Ano-Novo voltado aos embaixadores no Vaticano. Ele comentou a visita que fez a Nagasaki e Hiroshima no mês de novembro. Francisco foi o primeiro chefe da Igreja Católica Romana a visitar o Japão em 38 anos. Ele disse que as histórias que ouviu dos sobreviventes das bombas atômicas lançadas naquelas cidades renovaram seu desejo de conseguir um mundo sem armas nucleares. Acrescentou que se tornou claro para ele que a verdadeira paz não pode ser obtida enquanto existirem armas nucleares. O papa observou que este ano será vital para a concretização de um mundo sem armas nucleares, uma vez que a conferência para a revisão d
Trump defende que Irã abra mão de armas nucleares

Trump defende que Irã abra mão de armas nucleares

Mundo
No primeiro pronunciamento após ataque dos Estados Unidos que resultou no assassinato do general iraniano Qassem Soleimani e que levantou o risco de um conflito internacional, o presidente americano, Donald Trump, defendeu que o país árabe abra mão de seu arsenal nuclear. A expectativa pelo discurso de Trump era grande, uma vez que ocorreu um dia após o Irã bombardear duas bases dos EUA no Iraque, em sua primeira retaliação ao assassinato do general Soleimani. O Irã classificou o ataque americano de ato terrorista de Estado. O Iraque foi em sentido semelhante, condenando a ação. Trump não mencionou explicitamente novos ataques ao Irã, mas manteve a ameaça de novas retaliações e cobrou o abandono do programa nuclear pelo país rival, dizendo que novas sanções serão adotadas enquant
Bases americanas são atacadas em noite de queda de avião 737 com 176 mortos no Irã

Bases americanas são atacadas em noite de queda de avião 737 com 176 mortos no Irã

Mundo
Um avião da Ukraine International Airlines com 176 pessoas a bordo caiu essa noite (8) no Irã. O avião foi ao chão logo após decolar do aeroporto de Teerã com destino a Kiev. A embaixada da Ucrânia no Irã disse que o Boeing 737 sofreu uma falha no motor e que o acidente não foi causado por "terrorismo". De acordo com a ISNA, agência de notícias do Irã, não há sobreviventes do acidente. As primeiras informações citavam 180 mortos no acidente. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o que seria o momento da queda do avião. É possível ver que há fogo no objeto e depois uma explosão. #BREAKING #Ukrainian Boeing 737 plane carrying 180 people crashes near Tehran airport moments after take-off. First movie from this crash. pic.twitter.com/5s2buYv7Vj — Omid Basir (@iranirannews
Tumulto em funeral de general iraniano deixa dezenas de mortos

Tumulto em funeral de general iraniano deixa dezenas de mortos

Mundo
Uma confusão durante o funeral do general Qassim Suleimani deixou dezenas de mortos na cidade de Kerman. Segundo o site Young Journalists Club, ligado à TV estatal do país, foram ao menos 35 mortes e 48 feridos. Não há detalhes ainda sobre o que causou o tumulto, ocorrido em meio a um cortejo que reuniu centenas de milhares de pessoas nas ruas da cidade natal do general. Imagens mostram pessoas caídas no chão, com os rostos cobertos, enquanto equipes de resgate tentavam reanimar outros feridos. Devido à tragédia, o enterro do general foi adiado, segundo a agência ISNA. A nova data não foi informada. Suleimani foi morto por um ataque dos EUA na sexta (3) no Iraque. Ele foi uma das autoridades com mais poder no Irã, e é considerado um herói no país. Suleimani liderou po mais
Os incêndios na Austrália derreteram cérebros aqui. Oh, falta de caráter!

Os incêndios na Austrália derreteram cérebros aqui. Oh, falta de caráter!

Blog, Mundo, Wagner Melo
As antas não perdem tempo. Protegidas dos incêndios florestais na Austrália, já que não fazem parte daquele ecossistema, elas agora cobram, aos ambientalistas, um posicionamento tão firme quanto o que demonstram em relação ao desmatamento da Amazônia. Parece coerente, mas, não é. Desconfie sempre de bolsonaristas ou de conservadores malignos. Eles são dissimulados. Fingem esquecer que, enquanto a Amazônia é alvo de criminosos, as florestas australianas ardem em chamas por causas naturais. Aliás, os negacionistas do aquecimento global é que deveriam ter vergonha, porém, vergonha é um verbete inexistente no vocabulário dos roedores de hábitos aquáticos. Vamos aos fatos (algo que também deixa estes espécimes confusos): a primavera de 2019 foi considerada a mais seca dos últimos
Ataque de drone dos EUA mata líder iraniano em Badgá e amplia tensão no Oriente Médio

Ataque de drone dos EUA mata líder iraniano em Badgá e amplia tensão no Oriente Médio

Mundo
O ataque coordenado pelos EUA contra um aeroporto em Bagdá, no Iraque, matou Qasem Soleimani, chefe da Força Revolucionária da Guarda Quds do Irã, considerado um dos homens mais importantes do país. Ao menos outras sete pessoas morreram. O pentágono confirmou que o ataque aconteceu "sob ordens do presidente" Donald Trump. Em nota no Twitter, a informação é que os "militares dos EUA tomaram medidas defensivas decisivas para proteger o pessoal dos EUA no exterior, matando Qasem Soleimani". Na mesma noite, Trump postou apenas uma bandeira americana. pic.twitter.com/VXeKiVzpTf — Donald J. Trump (@realDonaldTrump) January 3, 2020 O general Soleimani, 62 anos, liderava a força Al-Quds dos Guardiões da Revolução, encarregada das operações no exterior. Era visto como um herói no Ir
Austrália tem novo recorde de calor, com média de 41,9 graus

Austrália tem novo recorde de calor, com média de 41,9 graus

Mundo
A Austrália bateu pela segunda vez o recorde do dia mais quente, com temperatura média nacional de 41,9 graus Celsius, informou hoje (19) o Departamento Meteorológico. Nessa quarta-feira (18), já tinha sido batido um recorde com 40,9 graus. No entanto, a maior temperatura no mês de dezembro foi registrada hoje, quando os termômetros atingiram os 49,8 graus na localidade de Eucla, na Austrália Ocidental. O recorde absoluto anterior em dezembro tinha sido registrado em Birdsville, Queensland, em 1972 (49,5 graus). A Austrália vive uma onda de calor excepcional, que é particularmente preocupante num país já devastado nos últimos meses por centenas de incêndios florestais. O estado de Nova Gales do Sul, o mais populoso da Austrália, declarou estado de emergência de sete dias por c
Impeachment de Trump passa na Câmara, mas deve ser barrado no Senado

Impeachment de Trump passa na Câmara, mas deve ser barrado no Senado

Mundo
Em um dia histórico para a política americana, a Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta quarta-feira (18) o impeachment do presidente Donald Trump. De maioria democrata, o plenário da Casa registrou 230 votos a favor e 197 contra a acusação de que o presidente cometeu abuso de poder ao pressionar a Ucrânia a investigar Joe Biden, seu principal adversário na eleição de 2020. Dois democratas votaram pela permanência de Trump no cargo. O presidente também é acusado de obstruir o Congresso ao atrapalhar as investigações depois que o episódio foi descoberto -foram 229 votos a favor e 198 contra a denúncia. Três democratas votaram a favor do republicano. Eram necessários 216 votos para aprovar o impeachment em pelo menos uma das acusações -maioria simples dos 431 deputa
Ex-presidente do Paquistão é condenado à morte por violação dos direitos humanos

Ex-presidente do Paquistão é condenado à morte por violação dos direitos humanos

Expresso, Mundo
Um tribunal paquistanês condenou à pena capital, à revelia, o antigo presidente do país, Pervez Musharraf. O general, aliado do presidente norte-americano George W. Bush na “guerra contra o terrorismo”, foi dado como culpado de alta traição e subversão da Constituição, violando o artigo 6 da Constituição do Paquistão. Ele impôs o estado de emergência no país, em 2007, ano em que a oposição interna ao seu governo começava a ganhar força. Entre novembro daquele ano e fevereiro de 2008, foram suspensas as liberdades civis e os processos democráticos, verificando-se sucessivas violações dos direitos humanos. Musharraf ascendeu ao poder em 1999 na esteira de um golpe de estado e foi presidente até 2008.