28 de maio de 2020Informação, independência e credibilidade

Policia

Governo prorroga validade do concurso da policia civil

Governo prorroga validade do concurso da policia civil

Policia
O  decreto do concurso público da Policia Civil de Alagoas foi prorrogado por mais 2 anos. A decisão foi tomada nesta quinta-feira, 14, pelo governador do Estado, Renan Filho (PMDB). O chefe do Executivo fez o anúncio da prorrogação em uma de suas redes sociais. Antes da prorrogação, o governador já havia dado entrevistas dizendo que o concurso, que estava prestes a se vencer, mas que seria prorrogado, possibilitando a chamada dos aprovados. “ "Vamos convocar mais; vamos enfrentar o desafio de fazer novos concursos”", disse ele ao assinar o decreto de prorrogação.  
Recursos federais para SSP estavam parados no Estado há 8 longos anos

Recursos federais para SSP estavam parados no Estado há 8 longos anos

Policia
O governador Renan Calheiros Flho (PMDB) fez nesta segunda-feira, 04, mais um evento com a imprensa alagoana para anunciar que em março vai dotar a policia alagoana de um sistema de comunicação top de linha. Ele chegou a ensaiar com alguns jornalistas a demonstração do sistema, mas na hora de apresentar em uma conversa com profissionais de imprensa que estavam em um helicóptero da polícia sobrevoando o Benedito Bentes, em Maceió,  e outro grupo baseado na praça do Centenário, o equipamento não funcionou direito. A história estava sendo transmitida pelo programa Ministério do Povo, da Rádio Gazeta, e o apresentador Rogério Costa acabou tirando o áudio do ar por que estava inaudível. Mas, foi mais um evento do governo que tem pontuado na mídia com essas ações de marketing. Di

Gaspar desafia qualquer contestação do balanço da segurança pública

Policia
O governo comemora os números oficiais da redução dos índices de violência. Mas, incomodado com críticas pontuais feitas à metodologia operacional, o Secretário de Segurança, Gaspar de Mendonça, foi logo marcando posição: -Desafio qualquer pessoa ou instituição a contestar esse balanço. Os números são os mais coerentes possíveis. De acordo com os números que ele apresentou, os homícidios em 2015 foram reduzidos em 18% no Estado e em Maceió 23,3%, representando assim 417 mortes a menos que em 2014 em todo o Estado. Como os dados são oficiais não há necessidade de se desafiar quem quer que seja, apenas continuar o trabalho para que Alagoas não continue na posição da "vergonha nacional", conforme revelou reportagem da revista Veja desta semana. Reportagem que foi transcrita aqui no e