21 de janeiro de 2020Informação, independência e credibilidade

Política

Roda Viva: Sem The Intercept, Moro defende Bolsonaro e se esquiva de polêmicas

Roda Viva: Sem The Intercept, Moro defende Bolsonaro e se esquiva de polêmicas

Política
https://www.youtube.com/watch?v=a6pJr7XdaiY O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, foi o convidado do Roda Viva desta segunda-feira (20), e respondeu perguntas de uma bancada de entrevistadores formada por Alan Gripp (O Globo), Andreza Matais (Estadão), Leandro Colon (Folha), Malu Gaspar (Piauí) e Felipe Moura Brasil (Jovem Pan). Entretanto, o programa, que marcou a estreia da apresentadora Vera Magalhães, foi alvo de pressões durante a semana anterior pela inclusão de um jornalista do The Intercept na bancada dos entrevistadores. O site publicou vazamentos de conversas entre o então juiz Moro e procuradores da Operação Lava Jato e a participação de um jornalista do grupo acabou não vingando. A direção do programa assegurou que não consultou Moro previamente so
Lima Duarte: ‘Sinhozinho Malta na Presidência e Viúva Porcina na Cultura’

Lima Duarte: ‘Sinhozinho Malta na Presidência e Viúva Porcina na Cultura’

Política
Lima Duarte, ator que imortalizou ao lado de Regina Duarte o casal protagonista da novela Roque Santeiro, comentou sobre a ida da atriz à secretaria da Cultura. E não deixou de falar sobre seus personagens icônicos: "É perfeito para o Brasil de hoje: Sinhozinho Malta na Presidência e Viúva Porcina na Cultura. Claro que é um Sinhozinho Malta, modéstia à parte, sem o charme do próprio. Bolsonaro e charme são duas coisas incompatíveis". Lima Duarte, ator. Após a demissão de Roberto Alvim, a atriz aceitou o convite do presidente Jair Bolsonaro para assumir a Secretaria Nacional da Cultura. Bolsonaro demitiu Alvim na última sexta (17), depois que esse apareceu em vídeo citando Joseph Goebbels um dos principais líderes do regime nazista de Adolf Hitler. E tudo indica que o órgão não ser
Bolsonaro sanciona Orçamento com fundo eleitoral de R$ 2 bi

Bolsonaro sanciona Orçamento com fundo eleitoral de R$ 2 bi

Política
O presidente Jair Bolsonaro sancionou sem vetos a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020. A expectativa é que a publicação saia no Diário Oficial da União de segunda-feira (20). O Orçamento, o primeiro elaborado durante a gestão de Bolsonaro, foi sancionado com o fundo de R$ 2 bilhões para o financiamento de campanhas eleitorais. Contraditório, o presidente defendeu, na semana passada, que o eleitor não vote em parlamentar que usar recursos do chamado “fundão”. Seu filho, o senador Flávio, chegou a dizer que voltou sem querer pelo fundo, confundindo o 'sim' pelo 'não. Chegou a dizer que não o usaria, mas já é tarde: o dinheiro que tomará recursos da saúde e educação não pode ser devolvido e vai de qualquer forma para o partido. https://www.youtube.com/watch?v=LJ8R8T-70Xs Prepara
Paulão diz que Bolsonaro quer transformar INSS em um quartel

Paulão diz que Bolsonaro quer transformar INSS em um quartel

Política
"A fixação do presidente Jair Bolsonaro com a ditadura militar é tão grande que ele quer transformar as repartições públicas do Brasil em grandes quartéis". A manifestação é do deputado federal Paulão (PT-AL), ao condenar a fala do presidente de que iria contratar 7 mil militares da reserva para o INSS, o que resultaria em um grande quartel. O deputado disse esperar que o Ministério Público Federal atue no caso para evitar "tamanho disparate em um órgão público de mão de obra especializada, uma vez que os técnicos do INSS foram preparados para lidar com o regime previdenciário do País, não regime militar". Em sua fala o presidente Bolsonaro disse que a lei permite a contratação, mas, de acordo com o deputado, há aí um notável engano. "No texto da reforma previdenciária o governo
Planalto avisa demite Alvim da secretaria de Cultura

Planalto avisa demite Alvim da secretaria de Cultura

Política
Após a Secretaria de Comunicação da Presidência da República informar que o Palácio do Planalto não comentaria o vídeo em que o Secretário de Cultura,Roberto Alvim, parafraseia um discurso de Joseph Goebbels, ministro da Propaganda da Alemanha nazista, o Palácio resolveu agir. Líderes do Congresso foram informados que o Secretário da Cultura, Roberto Alvim, será demitido do cargo. O recado foi transmitido na manhã desta sexta (17) após repercussão do caso e manifestação pública da classe política. Entre os que pediram a saída de Alvim está o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e p deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP). O ministro da Secretaria de Governo, Luiz Ramos, telefonou para líderes do Congresso e avisou que o porta-voz da Presidência, general Rego Barros, dev
Após fala nazista, Rodrigo Maia quer saída de Roberto Alvim da secretaria de Cultura

Após fala nazista, Rodrigo Maia quer saída de Roberto Alvim da secretaria de Cultura

Política
Nem mesmo Olavo de Carvalho consegue defender Roberto Alvim, secretário de Cultura de Jair Bolsonaro. O ideólogo astrólogo do presidente disse, em sua conta no Facebook, que no vídeo o secretário "talvez não esteja muito bem da cabeça". Ao lado de uma cruz, a bandeira do Brasil e abaixo da foto do presidente, Alvim fez um discurso com temática nazista, usando citações diretas de Joseph Goebbels, ministro da Propaganda de Hitler. E a música de fundo, durante todo o vídeo era da ópera “Lohengrin”, de Richard Wagner, obra reverenciada pelo líder alemão. #PrêmioNacionaldasArtes | Marco histórico nas artes e na cultura brasileira! Com investimento de mais de R$ 20 milhões, o Prêmio Nacional das Artes vai apoiar projetos de sete categorias em todas as regiões do Brasil. Dê o play e
Sem sutileza, secretário de Cultura de Bolsonaro parafraseia o de Cultura de Hitler

Sem sutileza, secretário de Cultura de Bolsonaro parafraseia o de Cultura de Hitler

Política, Vídeos
Anda cada vez mais deprimente e assustador noticiar sobre a política federal. Quando não é chefe de Estado ofendendo mãe de jornalistas e mandando-os calar a boca, a coisa parte para o nazismo. Literalmente. Desta vez, vídeo do secretário da Cultura Roberto Alvim provocou uma onda de indignação nas redes sociais, na madrugada desta sexta-feira (17), porque ele copiou trechos de discurso de Joseph Goebbels, ministro da Propaganda da Alemanha nazista. #PrêmioNacionaldasArtes | Marco histórico nas artes e na cultura brasileira! Com investimento de mais de R$ 20 milhões, o Prêmio Nacional das Artes vai apoiar projetos de sete categorias em todas as regiões do Brasil. Dê o play e confira! pic.twitter.com/dbbW4xuKpM — Secretaria Especial da Cultura (@CulturaGovBr) January 16, 2020 O
‘Cala a boca’: Bolsonaro ignora denúncia e manterá Chefe da Secom que recebe de TVs

‘Cala a boca’: Bolsonaro ignora denúncia e manterá Chefe da Secom que recebe de TVs

Política
Atacando a Folha de São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro resolveu manter Fabio Wanjgarten, chefe da Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência), no cargo mdxmo após a revelação de que ele possui um empresa que recebe dinheiro de contratadas do governo. "Se foi ilegal, a gente vê lá na frente. Mas, pelo que vi até agora, está tudo legal, vai continuar. Excelente profissional. Se fosse um porcaria, igual alguns que tem por aí, ninguém estaria criticando ele". Jair Bolsonaro, presidente. Na quarta (15), o jornal revelou que o Wanjgarten recebe, por meio de uma empresa da qual é sócio, dinheiro de emissoras televisivas e de agências de publicidade contratadas pela própria secretaria, ministérios e estatais do governo Bolsonaro. A Secom é a responsável pela distr
CPI encontra as principais contas de disparo irregular de WhatsApp nas eleições

CPI encontra as principais contas de disparo irregular de WhatsApp nas eleições

Política
Uma lista com as linhas telefônicas de WhatsApp responsáveis pelas maiores quantidades de disparo de mensagens em massa durante a campanha eleitoral de 2018 foi identificada pela CPI mista das Fake News no Congresso. O levantamento foi feito a partir de documentos que a empresa remeteu à comissão de inquérito em novembro passado. Em um universo de 400 mil contas banidas por uso irregular, ao menos 55 mil tinham comportamento anormal. Destas, provavelmente operadas por robôs, 24 respondem pela maior parte das mensagens disparadas em massa. As linhas telefônicas associadas a estes perfis possuem números dos Estados Unidos, Vietnã, Inglaterra e Brasil. Apesar das origens diversas dos números, os IPs indicam que todas as mensagens foram disparadas do Brasil. Assim, será possível cheg
Sobre Claudionor Araújo, do PSDB, e os quadros tucanos nas eleições deste ano

Sobre Claudionor Araújo, do PSDB, e os quadros tucanos nas eleições deste ano

Blog, Marcelo Firmino, Política
  Em política, quando o tempo fecha, alguns tentam atirar na lua para tentar acertar estrelas. Essa é a leitura que faço do recente artigo publicado por Claudionor Araújo, em mídia local, sobre a eleição próxima para prefeito de Maceió. No texto, o tucano afirma que o Procurador Geral de Justiça e ex-Secretário de Segurança, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, estaria próximo do PSDB. Creio que diz isso tentando atirar na lua. Vejamos. O PSDB governou Alagoas por oito anos com Teotônio Vilela à frente do Palácio República dos Palmares. Desse tempo, não há nomes capazes de disputar as eleições para prefeito de Maceió em neste 2020. Ninguém! Cadê aquele grupo político? Cadê os secretários, líderes sindicais, empresários? Cadê Jorge VI, Marcos Fireman, Luís Otávio, Solange J