5 de julho de 2020Informação, independência e credibilidade

Política

Se não foi cúmplice, foi feito de idiota: Bolsonaro não deveria seguir com Decotelli no MEC

Se não foi cúmplice, foi feito de idiota: Bolsonaro não deveria seguir com Decotelli no MEC

Artigo, Política
"E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará". A passagem na Bíblia preferida de Jair Bolsonaro, João 8:32, é sempre citada pelo presidente e seus apoiadores. A dica é: apesar de todas as denúncias de fake news e corrupção, Bolsonaro e seu entorno são honestos no que falam e fazem. A verdade trilha seu caminho de retidão. Logo, partindo dessa premissa simples, o presidente precisa de forma imediata se livrar do nome de Carlos Decotelli para o MEC. Claro, é muito fácil chegar para o presidente e dizer que um de seus ministros (ou indicado para) precisa sair, ainda mais depois da batalha que foi para se manter o antecessor, Abraham Weintraub, que se auto-exilou nos EUA. Há outros nomes que sempre têm suas cabeças pedidas. Ricardo Sales (Exterior) e Ernesto Araújo (Meio-Amb
Judiciário de Alagoas prorroga teletrabalho até dia 26 de julho

Judiciário de Alagoas prorroga teletrabalho até dia 26 de julho

Política
O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) e a Corregedoria Geral de Justiça (CGJ/AL) prorrogaram o teletrabalho no Poder Judiciário alagoano até o dia 26 de julho. A Resolução nº 22/2020, publicada no Diário da Justiça Eletrônico desta terça-feira (30), estabeleceu quatro etapas para o retorno gradual e sistemático das atividades presenciais. As etapas foram classificadas em vermelha, laranja, amarela e azul. Atualmente, o Judiciário está na etapa vermelha com suspensão das atividades presenciais e funcionamento do Judiciário por meio de plantão extraordinário, definido no Ato Normativo Conjunto n.º 04/2020 e nos outros atos que o sucederam ou prorrogaram os seus prazos. Durante a etapa laranja será possibilitada a utilização da sala passiva para produção de prova oral, com a manut
MPC e MPE identificam falhas em contratações diretas e pedem informações aos secretários de Maceió

MPC e MPE identificam falhas em contratações diretas e pedem informações aos secretários de Maceió

Política
O Grupo de Trabalho Especial, do Ministério Público de Contas de Alagoas (MPC/AL), criado especificamente para fiscalizar e avaliar as contratações diretas realizadas pelo Governo do Estado e pelos municípios de Maceió e Arapiraca, determinou a abertura de um Procedimento Ordinário (PO) com expedição de ofício aos gestores. Foram solicitadas informações acerca de contratações emergenciais realizadas pelo município de Maceió, durante a pandemia, sem a divulgação dos requisitos básicos exigidos pela Lei 13.979/2020. Os gestoress foram oficiados e têm até 72h para sanarem as deficiências no Portal da Transparência apontadas no Despacho n. 01/2020, que foi assinado em conjunto pelo MPC/AL e MPE/AL, bem como, para prestarem as informações necessárias. Nessa atuação, o Grupo de Trab
Congresso quer extensão do auxílio: Maia fala em mais dois meses e Senado sugere até dezembro

Congresso quer extensão do auxílio: Maia fala em mais dois meses e Senado sugere até dezembro

Política
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a prorrogação por mais dois meses do auxílio emergencial no valor de R$ 600 enquanto o governo e o Parlamento discutem a adoção de uma renda mínima permanente. Segundo ele, uma das soluções é a unificação dos atuais programas sociais e de proteção ao emprego. “Temos que começar esse debate rápido, temos muitos trabalhos de professores e acadêmicos, economistas, deputados. Temos recursos em vários ministérios, têm programas de proteção ao emprego que estão mal focalizados, debates sobre a renda. O importante é que se renovem os R$ 600 por dois meses e nesse período se possa construir um texto com foco e gerando uma condição melhor para os que precisam de uma renda”. Rodrigo Maia, presidente da Câmara. Senado A possibilidade
Ex-alunos de administração da Unopar denunciam instituição por descaso

Ex-alunos de administração da Unopar denunciam instituição por descaso

Política
Os ex-alunos da turma 2015.2 de Administração(EAD), da Unopar, pólo de Maceió, decidiram denunciar ao Ministério Público Estadual o péssimo tratamento que recebem  instituição de ensino, que anunciou uma coisa para atrair alunos e no final da história não entregou o que foi prometido. Após um ano da conclusão do curso, os ex-alunos ainda não receberam os seus históricos, documento fundamental para a comprovação da graduação. Alguns perderam promoções em suas atividades profissionais, outros perderam matrículas em cursos de mestrado e continuam sem resposta por parte da Unopar. -Parece que há uma orientação da direção para que os funcionários da Unopar sequer atendam os alunos reclamantes. Isso não acontece só com os formandos de administração, mas dos outros cursos também. A Uno
Pouco mudou: Datafolha mostra que aprovação de Bolsonaro se mantem nos 30%

Pouco mudou: Datafolha mostra que aprovação de Bolsonaro se mantem nos 30%

Política
Nem a prisão de Fabrício Queiroz afetou a popularidade do presidente Jair Bolsonaro, que segue estável segundo pesquisa Datafolha desta semana. O presidente manteve sua aprovação em 32%, o mesmo índice do fim de maio (33%). A rejeição ao governo é de 44%, ante 43% da rodada anterior, enquanto os que avaliam Bolsonaro como regular estacionaram nos 23% (eram 22%). Mas Bolsonaro não inspira muita confiança. São 46% os que dizem nunca confiar, 20% que sempre confiam e 32%, aqueles que o fazem às vezes. O Datafolha ouviu 2.016 pessoas por telefone terça (23) e quarta-feira (24). A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Rejeição A aprovação de Bolsonaro, no entanto, caiu para 15% entre aqueles que acham que o presidente sabia onde
Ao lado de Toffoli, Bolsonaro agora prega ‘paz’ com o STF

Ao lado de Toffoli, Bolsonaro agora prega ‘paz’ com o STF

Política
A estratégia de partir para o ataque não deu frutos, então o presidente Jair Bolsonaro resolveu recuar. Em evento ao lado do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, ele baixou o tom hoje e discursou falando em mensagem de união, "paz" e "tranquilidade". Sua mensagem é de "colocar o Brasil naquele local que todo mundo sabe que ele chegará". Ele não chegou a mencionar os entreveros dos últimos meses, em especial a guerra de narrativas exposta publicamente a partir de atritos com o ministro da Corte Alexandre de Moraes. Apenas afirmou que o país viveria suposto momento de "entendimento e cooperação" entre os poderes. "Eu costumo dizer sempre quando estou com o Toffoli e também com Davi Alcolumbre e o Rodrigo Maia, presidentes do Senado e da Câmara, que
Presidente da Embratur fala em sexo no “orifício rugoso infra-lombar” em live com Damares

Presidente da Embratur fala em sexo no “orifício rugoso infra-lombar” em live com Damares

Política
O presidente da Embratur, o alagoano Gilson Machado, apelou eu live ao lado da ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves. O debate era “Direito à vida e dignidade”, e como bons bolsonaristas, foram além do tom em suas falas. Nos 50 minutos de debate em que foram tratados temas como pedofilia e prostituição, Gilson Machado resolveu criticar a peça “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu”, que foi encenada em Pernambuco dois anos atrás. Jesus, na peça, seria homossexual. "E essa linha foi rompida, porque querer impor sua sexualidade perante a grande maioria de cristãos brasileiros é abominável. E outra cosia. Eu não tenho nada. Eu não tenho nada contra quem usa seu orifício rugoso infra-lombar para fazer sexo. Mas querer impor a sexualidade a uma grande maioria de cristãos e que
Funcionários não querem o “racista” Weintraub no Banco Mundial

Funcionários não querem o “racista” Weintraub no Banco Mundial

Política
A associação dos funcionários do Banco Mundial (Bird) enviou nesta quarta-feira uma carta ao comitê de ética da instituição contrária à nomeação do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub para o cargo de diretor-executivo do banco. A entidade representativa pede que a indicação seja suspensa até que acusações contra o economista brasileiro sejam analisadas pelo comitê. A associação afirma que "muitos funcionários estão profundamente perturbados" com algumas atitudes do ex-ministro, entre elas o tweet em que culpa a China pela pandemia do novo coronavírus . A carta também menciona o fato de Weintraub ter sugerido a prisão de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e de ter feito pronunciamentos públicos contrários aos direitos de minorias e a promoção da equidade racial
Maia: Weintraub é o exilado na história que tem apoio do governo

Maia: Weintraub é o exilado na história que tem apoio do governo

Política
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ironizou nesta terça-feira (23) a rápida saída de Abraham Weintraub do país e afirmou ser o primeiro caso de uma pessoa que diz ser perseguida, mas conta com apoio do governo. As declarações foram dadas em entrevista antes da sessão realizada para votar o projeto que muda o código de trânsito brasileiro. Weintraub viajou na sexta-feira (19) para Miami e já se encontrava nos EUA na manhã de sábado (20), horas antes de a exoneração ser oficializada no Diário Oficial da União. Nesta terça, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) retificou a data de demissão do ex-ministro e estabeleceu que a exoneração passou a valer na sexta-feira. Nesta terça, Maia questionou o porquê da saída rápida do ex-ministro. “Eu não entendi por que...ele