28 de fevereiro de 2020Informação, independência e credibilidade

Política

Bispos chegam a Maceió e visitam os bairros do Pinheiro, Muntage e Bebedouro

Bispos chegam a Maceió e visitam os bairros do Pinheiro, Muntage e Bebedouro

Política
Os bispos do Regional Nordeste II, que estão na capital alagoana para a abertura oficial da Campanha da Fraternidade deste ano, visitaram na tarde desta quinta-feira (27) os bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro. O arcebispo metropolitano de Maceió, Dom Antônio Muniz, explicou que foram os próprios bispos que pediram a visita. “Eles souberam do que está acontecendo e vieram conversar com as pessoas, e prestar solidariedade”, explicou. O metropolita falou da presença da Igreja nessas comunidades. “As pessoas permanecem firmes e fortes em oração, e estamos dando toda assistência necessária”. O grupo percorreu as ruas, conversaram com os moradores que ainda estão nos bairros, ouviram relatos, e algumas cenas chamaram a atenção, como explicou o presidente do Regional, o bis
FGTS: Validação de endereços da área verde escura do Pinheiro termina dia 6

FGTS: Validação de endereços da área verde escura do Pinheiro termina dia 6

Política
Os moradores do bairro do Pinheiro que estão inseridos na área verde escura do Mapa de Setorização de Danos e de Linhas de Ações Prioritárias podem conferir os endereços aptos para a habilitação ao saque do FGTS, previsto em decisão judicial. A Coordenadoria Especial Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) informa que o prazo para validação de endereços que porventura não estiverem na relação divulgada na lista provisória encerra no dia 6 de março. Ao todo, 1.334 imóveis do bairro do Pinheiro foram identificados dentro da área verde escura Mapa de Setorização de Danos, área prevista na decisão judicial em decorrência de uma Ação Civil Pública. A decisão prevê que os trabalhadores que residem nestes endereços e tenham saldo positivo no FGTS podem fazer o saque limitado a
Dólar dispara e Governo vê PIB afetado pelo Covid-19 e tensão com Congresso

Dólar dispara e Governo vê PIB afetado pelo Covid-19 e tensão com Congresso

Política
A equipe econômica teme que as tensões entre o presidente Jair Bolsonaro e o Congresso Nacional possam afetar o ritmo de avanço das reformas. Além disso, no mesmo momento o coronavírus chega ao Brasil. A nova doença eleva as preocupações sobre possíveis impactos na economia do país. Até o momento, o Brasil tem 20 casos suspeitos do novo coronavírus —ao menos 12 deles são pessoas que vieram da Itália, que viu o número de contaminações pelo SARS-CoV-2 disparar nos últimos dias. O dólar subiu nesta quarta-feira (26), atingindo pela primeira vez o nível de R$ 4,44 e renovando o patamar recorde de fechamento nominal (sem considerar a inflação), na reabertura do mercado de câmbio após o carnaval. A moeda dos EUA foi negociada a R$ 4,4407, com alta de 1,10%. Na máxima da sessão, c
Ex-presidentes, partidos e políticos reagem após Bolsonaro compartilhar vídeo contra o Congresso

Ex-presidentes, partidos e políticos reagem após Bolsonaro compartilhar vídeo contra o Congresso

Política
Não importa o lado: políticos de esquerda ou da direita já se manifestaram de forma contrária ao presidente Jair Bolsonaro, que vem compartilhado vídeos via WhatsApp em apoio às manifestações pró-governo e contra o Congresso Nacional marcadas para 15 de março. Leia mais Bolsonaro não nega compartilhamento e diz que acusações são tentativas de tumulto Celso de Mello: Bolsonaro não está à altura do cargo Paulão diz que Bolsonaro atenta contra a democracia e fere de morte a Constituição Bolsonaro convoca população para destituir o Congresso e alarma políticos Bolsonaro compartilha vídeos de manifestações contra o Congresso Confira o que escreveram, nas redes sociais, os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff (PT), partidos e dema
Bolsonaro não nega compartilhamento e diz que acusações são tentativas de tumulto

Bolsonaro não nega compartilhamento e diz que acusações são tentativas de tumulto

Política
O presidente Jair Bolsonaro chamou de "tentativas rasteiras de tumultuar a República" as interpretações sobre ele ter compartilhado um vídeo em apoio a atos contra o Congresso em 15 de março. Ele escreveu mensagem em suas redes sociais, mas não negou ter enviado a amigos por WhatsApp um vídeo que convoca a população a ir às ruas. Foi a primeira manifestação de Bolsonaro sobre o caso e não há qualquer menção ao conteúdo do vídeo, portanto não nega ter compartilhado vídeo dos atos contra o Congresso. O post nas redes sociais foi feito horas antes de o presidente embarcar do Guarujá, onde passou o feriado de Carnaval, para Brasília. Ele ocorre também depois de reações de repúdio ao vídeo de representantes de outros poderes, da sociedade civil e de ex-presidentes da Repúbl
General Mourão aparece na mídia: ‘política se faz com diálogo’

General Mourão aparece na mídia: ‘política se faz com diálogo’

Blog, Marcelo Firmino, Política
Em contraste ao destempero e as grosserias que acometem diversos integrantes do governo, o general Hamilton Mourão, vice-presidente da República, disse em Brasília que "politica se faz com diálogo". No Planalto, o clima anda tenso em função de vários episódios que vão desde a declarações indecorosas do presidente Jair Bolsonaro e seus filhos até o "foda-se", do general Augusto Heleno, para o parlamento. É como se o País estivesse de cabeça para baixo, no mundo paralelo dos milicianos, e o vice com o suporte da farda e das estrelas quisesse agora colocar o trem descarrilado nos trilhos. Em entrevista ao Correio Braziliense, Mourão disse que aposta no diálogo institucional para superar as crises geradas, os entraves às reformas necessárias e avançar nas grandes questões nacionai
General Heleno diz que Congresso faz chantagem e Maia o chama de radical ideológico

General Heleno diz que Congresso faz chantagem e Maia o chama de radical ideológico

Política
A divisão do dinheiro dentro do chamado Orçamento impositivo não chega à um acordo e os ânimos entre Executivo e Legislativo pioraram. Pessoas próximas ao presidente Jair Bolsonaro chegaram a chamar de “golpe do parlamentarismo branco” a insistência dos congressista em ficar com a gestão de R$ 30 bilhões do total de R$ 80 bilhões do Orçamento que, pelas projeções, está livre para ser gasto em 2020. E nesta manhã, o general Augusto Heleno, chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), disse que considera inadmissível o que qualifica de chantagens do Legislativo para avançar sobre o dinheiro do Executivo: “Não podemos aceitar esses caras chantageando a gente. Foda-se.” Heleno defendeu que o presidente deixasse claro à população que está sofrendo uma pressão e “não pode ficar
Paulo Guedes quis abandonar o navio, mas Bolsonaro o convenceu a ficar

Paulo Guedes quis abandonar o navio, mas Bolsonaro o convenceu a ficar

Política
Após encontro a portas fechadas com o presidente Jair Bolsonaro, Paulo Guedes deixou o Palácio do Planalto ainda ministro. Ele ouviu apelos de Bolsonaro e dos ministros Augusto Heleno (GSI) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), que também participaram da reunião, para continuar no governo. Inclinado a entregar o cargo, ele resolveu continuar para tocar sua agenda liberal, mas não se sabe mais por quanto tempo. Para que continuasse com seu Posto Ipiranga no cargo, Bolsonaro argumentou sua saída do ministério poderia representar o fim precoce do governo. Considerado o grande trunfo de Bolsonaro com o mercado, o ministro se vê encurralado pela repercussão de suas próprias declarações e pelos cálculos políticos e eleitorais do presidente. Para Bolsonaro, perdê-lo agora seria
Bolsonaro pedirá perícia independente do miliciano ligado ao filho Flávio

Bolsonaro pedirá perícia independente do miliciano ligado ao filho Flávio

Política
O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça (18) que vai pedir uma perícia independente sobre a morte do ex-policial militar Adriano Nóbrega, morto durante operação policial no interior da Bahia. De acordo com Bolsonaro, o Ministério Público Federal na Bahia também deve cobrar uma perícia independente “para começar a desvendar as circunstâncias em que ele morreu, e porque poderia interessar para alguém a queima de arquivo”. O ex-capitão do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar do Rio de Janeiro foi morto no dia 9 deste mês, no município de Esplanada, na Bahia. Nóbrega era investigado por diversos crimes, e procurado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. Ele também era procurado pelo envolvimento nas mortes da vereadora Marielle Franco e do motor
Plano de saúde dos filhos de servidores do Senado é ampliado para 33 anos

Plano de saúde dos filhos de servidores do Senado é ampliado para 33 anos

Expresso, Política
Servidores do Senado foram beneficiados pelo ato do Davi Alcolumbre (DEM-AP), que estendeu a permanência de filhos e enteados como dependentes do plano de saúde de 24 anos para 33 anos. A idade é mais generosa se comparada à da Receita Federal, onde a idade limite para dependentes é de 24 anos. Com isso, o Senado se equipara à Câmara, onde os 33 anos valem desde 2016.