24 de fevereiro de 2020Informação, independência e credibilidade

Política

Onyx é mais um ministro a cair e Bolsonaro deve indicar general para a Casa Civil

Onyx é mais um ministro a cair e Bolsonaro deve indicar general para a Casa Civil

Política
O presidente Jair Bolsonaro convidou o general Walter Souza Braga Netto para o comando da Casa Civil da Presidência, no lugar de Onyx Lorenzoni. Braga Netto, 62, é o atual chefe do Estado-Maior do Exército, liderou o Comando Militar do Leste e, durante dez meses em 2018, foi o interventor militar na área de segurança pública do Rio de Janeiro. Se confirmada, a nomeação marcará a volta por cima da ala militar do governo. Um dos grupos mais poderosos no começo do mandato de Bolsonaro, com quem sofrem identificação imediata pelo fato de o presidente ser um capitão do Exército reformado, os militares foram perdendo poder ao longo de 2019. Em seu lugar, ascendeu a influência da dita ala ideológica do bolsonarismo no governo. Ela é comandada informalmente pelos filhos de Bolsonaro e
Paulão condena ataque do governo à agricultura familiar

Paulão condena ataque do governo à agricultura familiar

Política
O deputado federal Paulão disse nesta quarta-feira, 12, na Câmara dos Deputados, que a agricultura familiar sofreu um grande golpe com a aprovação da Medida Provisória 897/19, que prioriza o agronegócios e abandona por completo o agricultor familiar brasileiro. A MP foi aprovada nesta terça-feira,11, por 329 votos a 58, contra o voto da bancada do PT, segundo o deputado. Segundo Paulão, a proposta apresentada pelo governo Bolsonaro, além de retirar recursos da agricultura familiar, ainda enfraquece os bancos públicos, que operavam carteiras de crédito com esse segmento. Disse o deputado que não resta dúvida que a medida do governo aprovada pela Câmara é uma ameaça real aos recursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e constitui também um ataqu
Marco referencial, Pinto do Tabuleiro é recuperado

Marco referencial, Pinto do Tabuleiro é recuperado

Política
Com o objetivo de resgatar um marco referencial no bairro Tabuleiro do Martins e a memória de maceioenses e alagoanos, a Prefeitura de Maceió viabilizou a recuperação do monumento Pinto do Tabuleiro, em parceria com a iniciativa privada. A reinauguração aconteceu nessa terça-feira (11) com a participação de orquestra de frevo do bloco Pinto da Madrugada. O projeto foi coordenado pela Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes) e incluiu a revitalização da estrutura de concreto, nova pintura e a base de proteção em madeira. “Esse símbolo traz memórias afetivas maravilhosas, saudosismo e é um elemento que fazia parte e composição desse cenário desde a década de 60. A Prefeitura idealizou a revitalização para resgatar um marco referencial de localização no Tabule
Contra “indústria de demarcação”, Bolsonaro exclui governadores da Amazônia Legal

Contra “indústria de demarcação”, Bolsonaro exclui governadores da Amazônia Legal

Política
O presidente Jair Bolsonaro transferiu o Conselho Nacional da Amazônia Legal do Ministério do Meio Ambiente para a Vice-Presidência da República. A composição do conselho foi modificada por meio de um novo decreto, assinado hoje por Bolsonaro, substituindo o anterior, de 1995. Na nova composição, os governadores da Amazônia Legal foram excluídos do órgão de assessoramento. Na cerimônia, que contou com a presença do vice-presidente Hamilton Mourão e ministros, Bolsonaro disse que o Brasil deflagrou "uma indústria de demarcações" e que as atuais reservas de terras são "abusivas". "Essa nossa preocupação do governo com os índios fez com que fosse deflagrada uma indústria de demarcações de terras indígenas. Deixo bem claro que ninguém aqui é contra dar a devida proteção e terras aos
Weintraub se explica no Senado sobre Enem 2019 e fala em “probleminhas” e terrorismo

Weintraub se explica no Senado sobre Enem 2019 e fala em “probleminhas” e terrorismo

Política
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, teve que se explicar ao Senado sobre os erros do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2019, nesta terça (11), em uma audiência da Comissão de Educação. E ele preferiu chamar o que aconteceu de "probleminhas", e afirmou ter havido uma "linha extremamente terrorista" para desacreditar a prova por parte de políticos, da imprensa e de alguns grupos econômicos. Claro, não citou nomes. O ministro foi convidado a comparecer à sessão para explicar os erros no Enem e no Sisu (Sistema de Seleção Unificada), programa do governo que seleciona candidatos a vagas em instituições públicas de ensino superior. Leia mais: Parlamentares vão ao STF por impeachment de Weintraub por quebra de decoro Enem, improbidade e fake news: Weintraub desponta como
Regina Duarte recua e vai exonerar reverenda Jane Silva, adjunta na Cultura

Regina Duarte recua e vai exonerar reverenda Jane Silva, adjunta na Cultura

Política
A atriz Regina Duarte resolveu exonerar a reverenda Jane Silva, sua adjunta na Secretaria Especial da Cultura, nesta sexta-feira (7). A ainda global ainda não foi nomeada, mas já decidiu que não trabalhará com Jane. Nesse meio tempo, a reverenda estava atuando como secretária interina. O convite para que a reverenda Jane Silva assumisse o cargo de adjunta da Cultura incomodou até mesmo quem defendia a namoradinha do Brasil. A indicação para a pasta surpreendeu apoiadores do setor cultural. Eduardo Barata, presidente da APTR (Associação dos Produtores de Teatro), por exemplo, espera que a atriz reveja a indicação da reverenda Jane “A gestão da Regina significava esperança para o nosso setor que estava completamente encurralado pelo poder Executivo. Mas a primeira ação dela como s
Quinta queda na gestão: Bolsonaro exonera o ministro do Desenvolvimento

Quinta queda na gestão: Bolsonaro exonera o ministro do Desenvolvimento

Política
O presidente Jair Bolsonaro surpreendeu até mesmo auxiliares e aliados e no final da tarde de quinta (6) exonerou do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) o então ministro Gustavo Canuto. Devendo, o presidente considerado fraco seu desempenho, mas para evitar crises, manteve as queixas a um grupo restrito. Bolsonaro se e irrita profundamente com a especulação constante de mudanças. A decisão foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU). Desde o final do ano passado, Bolsonaro vinha se queixando da falta de entregas no Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). Rogério Marinho, secretário Especial da Previdência e Trabalho, assumirá o posto. Cartão vermelho Antes mesmo disso, Bolsonaro prometeu dar um imediato “cartão vermelho” para ministros que
Câmara anula afastamento de deputado e Senado põe em dúvida cassação da ‘Moro de Saias’

Câmara anula afastamento de deputado e Senado põe em dúvida cassação da ‘Moro de Saias’

Política
O plenário da Câmara dos Deputados anulou nesta quarta-feira (5) a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que afastou do mandato o deputado federal Wilson Santiago (PTB-PB). Este havia sido o primeiro caso concreto da atual legislatura de análise de suspeita de corrupção contra um de seus membros. O placar mostrou apenas 170 votos favoráveis à decisão do STF, mas eram necessários ao menos 257. Outros 233 foram contrários, em consonância com o relatório do deputado Marcelo Ramos (PL-AM). Houve 7 abstenções e 102 ausências, que contaram, na prática, a favor de Santiago. Os partidos que mais se colocaram favoráveis à retomada do mandato por Santiago, proporcionalmente, foram MDB (100%), PC do B (100%), PTB (100%), PT (94%), PL (93%), Republicanos (88%), PP (85%), DEM (85%), Patri
Ainda com Bolsonaro, PSL usou verba pública até nos bonecos infláveis

Ainda com Bolsonaro, PSL usou verba pública até nos bonecos infláveis

Política
O dinheiro público do fundo partidário destinado ao PSL foi usado para a confecção de 14 bonecões infláveis de Jair Bolsonaro e do presidente da sigla, o deputado federal Luciano Bivar (PE), ao custo de R$ 33 mil aos cofres públicos. Eles foram confeccionados em tamanhos variados: oito de 1,8 metro, quatro de 3 metros e dois superbonecos, um de Bolsonaro e um de Bivar, com 5 metros de altura cada um. O gasto foi para animar solenidade em São Paulo relacionada à campanha nacional de filiação que o partido promoveu em 17 de agosto do ano passado. Só os eventos realizados nesse dia, em várias cidades do país, custaram ao partido cerca de R$ 4 milhões. O dinheiro veio exclusivamente do Fundo Partidário, que bancou bufês, brindes, camisetas, aluguel de hotéis, de ônibus, segurança,
Bolsonaro: ‘Se puder, confino ambientalistas na Amazônia’

Bolsonaro: ‘Se puder, confino ambientalistas na Amazônia’

Política
Ao defender a regulamentação da mineração e exploração de energia em terras indígenas, nesta quarta (5), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que, se pudesse, "confinaria" os ambientalistas na Amazônia, já que "eles gostam tanto de meio ambiente". A declaração irônica ocorreu nesta tarde durante um evento de promoção dos 400 dias de governo, no Palácio do Planalto. Bolsonaro comentava o projeto de lei que ele assinou e o governo enviará ao Congresso a fim de criar "condições específicas para a pesquisa e lavra de recursos minerais, inclusive a lavra garimpeira e petróleo e gás, e geração de energia hidrelétrica em terras indígenas". "Grande passo. Depende do Parlamento. Esse pessoal do meio ambiente, né... Se um dia eu puder, confino-os na Amazônia. Eles gostam tant