28 de maio de 2020Informação, independência e credibilidade

Política

Ser denunciado por corrupção não estava nos planos de Téo Vilela

Ser denunciado por corrupção não estava nos planos de Téo Vilela

Cotidiano, Política
O que o Ministério Público Estadual não viu durante o governo de Teotônio Vilela Filho, o Ministério Público Federal não deixou passar e decidiu denunciar o ex-governador pelo desvio de R$ 1,4 do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). A ação coloca sob suspeita a tese tucana de que a gestão de oito anos em Alagoas foi limpa e transparente. Falava-se que não havia corrupção. O MPF ainda colocou na lista dos denunciados o ex-governador José Wanderley, o ex-secretário de Educação, Adriano Soares e o procurador de contratos e convênios da PGE, Ricardo Méro. A investigação do Ministério Público constatou que a Secretaria de Educação aderiu à ata de registro de preços da Prefeitura do Recife, para formalizar contratos com a empresa WEJ - Livraria e Papelaria Ltda com preços sup
Nonô acusa ‘estelionato’ do governo da presidente Dilma

Nonô acusa ‘estelionato’ do governo da presidente Dilma

Política
O ex-vice governador do Estado, José Thomaz Nonô (DEM) acusa o “estelionato eleitoral” como fator principal para as manifestações contra o governo da presidente da República, Dilma Rousseff (PT). Segundo ele, as pessoas estão se manifestando por que Dilma disse que não iria aumentar impostos e fez exatamente isso. “Disse que não iria mexer nos direitos trabalhistas e foi o que fez”, reforçou. Para o dirigente do DEM em Alagoas, a Nação além de estar estarrecida com o “estelionato” ainda mantém toda a indignação contra a corrupção que tem maculado a imagem do governo brasileiro fora do País. “Quem poderia imaginar que existia essa roubalheira tão grande no Brasil, como estamos vendo nesse caso da Petribrás”? Questionou, destacando ainda essa situação acabou de vez com o Partido dos
Manifestação na orla de Maceió pede saída da presidenta Dilma Rousseff

Manifestação na orla de Maceió pede saída da presidenta Dilma Rousseff

Maceió, Política
Domingo, dia 12 abril. É mais uma data que entra para a história do País. As orlas da Ponta Verde e Pajuçara serão tomadas, mais uma vez, para por manifestantes que pedem a saída da presidente Dilma Rousseff (PT) do governo do Brasil. Assim como Alagoas, diversos Estado brasileiros compartilham o mesmo ato. Com diversas denúncias de corrupção em vários setores do governo, economia estagnada e inflação e desemprego em alta, a presidente assiste a mais um movimento, intitulado como Brasil Livre, de parte da população. Os diretores do Movimento Brasil Livre (MBL) em Alagoas esperam superar o número de manifestantes registrado no primeiro protesto (realizado no dia 15 de março), com cerca de 10 mil pessoas. Vestidos de verde e amarelo, os manifestantes se intitulam defensores dos intere
Paulão  o único da bancada alagoana a votar contra a terceirização

Paulão o único da bancada alagoana a votar contra a terceirização

Política
 Por Dinez Torres O deputado Paulão (PT/AL) foi o único parlamentar da bancada alagoana na Câmara Federal a votar contra o Projeto de Lei (PL) 4330/2004, que amplia as possibilidades de serviços terceirizados a todas as atividades. Na votação desta quarta-feira (8), o petista votou “não” à proposta, enquanto votaram a  favoravelmente, Artthur Lira (PP), Givaldo Carimbão (PROS), Marx Beltrão ( (PMDB), Maurício Quintella Lessa(PR)   e Pedro Vilela  (PSDB).  Outros três deputados que integram a bancada não participaram da votação do texto-base do projeto. Segundo Paulão, a matéria desvinculada da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) é um retrocesso para a classe trabalhadora do país, pois flexibiliza as contratações terceirizadas. “É um golpe contra os trabalhadores e contra os co
Vetos de Renan Filho deverão ser votados na próxima quarta

Vetos de Renan Filho deverão ser votados na próxima quarta

Política
O novo presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Assembleia Legislativa, deputado Sérgio Toledo (PDT), disse nesta quarta-feira, 8, que os vetos do governador Renan Filho (PMDB), que estão trancando a pauta, deverão ser votados na próxima semana. O presidente está designando relatores para a análise de cada um dos oito vetos que estão na Comissão. Toledo adiantou que o deputado Edval Gaia (PSDB) será o relator do veto governamental ao projeto de lei que regulamenta e reformula a composição e atuação da 17ª Vara Criminal da Capital. “Após pedir um levantamento, foram detectados oito vetos que estão trancando a pauta. Esses vetos estão sendo distribuídos para que, até a próxima terça-feira, seus relatores possam emitir pareceres. A partir daí, eles serão d
Biu de Lira comemora decreto dos genéricos de uso veterinário

Biu de Lira comemora decreto dos genéricos de uso veterinário

Política
A ministra  da Agricultura, Kátia Abreu, prometeu  ao senador Benedito de Lira, que  até o dia 30 deste mês estará pronto o decreto que obriga os laboratórios a produzirem medicamentos genéricos de uso veterinário. O decreto da presidente Dilma é o que falta para regulamentar a Lei 12.689, de 19 de julho de 2012, que a própria presidente da República sancionou. A Lei dos Genéricos Veterinários é o resultado de uma luta que Benedito de Lira vem travando desde 2007, quando ainda como deputado federal conseguiu aprovar o projeto na Câmara dos Deputados. Após a audiência com a ministra Kátia Abreu, o senador Benedito de Lira disse estar confiante de que as dificuldades serão finalmente sanadas e os medicamentos  genéricos de uso veterinário finalmente vão estar disponíveis aos criador

Sérgio Toledo é eleito presidente da Comissão de Justiça

Política
Assim que terminou a sessão plenária desta terça-feira, dia 7, os deputados de cinco comissões permanentes realizaram eleições para presidentes e vices. Por unanimidade, os deputados Sérgio Toledo (PDT) e Jó Pereira (PSDB), foram eleitos, respectivamente, presidente e vice da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR). A pasta é considerada umas das mais importantes da Casa Tavares Bastos, pois segundo o regimento interno, com exceção do Projeto de Lei Orçamentária, todos os projetos que dão entrada no parlamento devem, passar pela CCJR, inclusive os vetos governamentais. Após o resultado, o novo presidente Sérgio Toledo destacou que vai solicitar à secretaria da comissão todos os projetos para fazer um levantamento da situação de cada um. Ele ainda complementa que, sobre os vet
Renan já pode gastar orçamento superior a R$ 8,33 bilhões

Renan já pode gastar orçamento superior a R$ 8,33 bilhões

Política
A partir de hoje o governo Renan Filho vai ficar à vontade para executar o orçamento de 2015. A Lei de Diretrizes Orçamentárias foi sancionada e o Estado passar a contar com R$ 8,33 bilhões para executar as políticas públicas de interesses da sociedade e da própria gestão. Em função de assumir os encargos gerais da administração,a Secretaria da Fazenda vai operar com mais de R$ 385 milhões. O orçamento contempla a toda administração direta e indireta. Os maiores valores serão destinados à Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social, que terá à disposição R$ 20,3 milhões, ao Instituto de Tecnologia em Informática e Informação com mais de R$ 15 milhões e à Agência de Modernização da Gestão de Processos também com valores que superam R$ 15 milhões. A lei também autori
Governador quer desenvolvimento do semiárido como prioridade do NE

Governador quer desenvolvimento do semiárido como prioridade do NE

Política
O desenvolvimento do Semiárido passa a fazer parte da agenda das Assembleias Legislativas Estaduais (ALEs) de todo o Nordeste de forma integrada. No último dia 16, foi criado o Fórum União pelo Nordeste, que reúne parlamentares da região. Para tratar sobre a iniciativa, o governador Renan Filho conversou, nesta quarta-feira (1º), com deputados de Alagoas, Paraíba e Pernambuco, no Palácio República dos Palmares.   A proposta do fórum foi apresentada ao chefe do Executivo pelos parlamentares Miguel Coelho e Rodrigo Novaes, ambos de Pernambuco. A iniciativa nasceu no estado vizinho. O governador apoiou o formato. “Eu me coloquei à disposição, como também a agenda dos governadores do Nordeste. Precisamos definir uma pauta que verdadeiramente possibilite levar ao Semiárido o desenvol

Alagoas foi o Estado que mais reduziu a violência no País, segundo o governo

Cotidiano, Maceió, Política
O governo Renan Filho comemora uma marca importante para o Estado. Trata-se da redução dos índices de violência. Alagoas foi o Estado brasileiro qque mais reduziu a violência no País. O Estado ainda figura como campeão da insegurança pública, mas os novos dados indicam que o trabalho realizado atualmente pela Secretaria de Defesa Social tem sido fundamental para a mudança do triste cenário. De acordo com o governador Renan Filho (PMDB), o índice de violência foi reduzido em 15,89%. O Estado já se destaca entre as capitais nordestinas pela performance de reestruturação da paz entre os alagoanos. A Secretaria de Defesa Social e Ressocialização  mostrou também uma redução de 31,28% na capital alagoana. Trata-se um percentual que, para o governo, representa uma nova história positiva,  A