8 de dezembro de 2019Informação, independência e credibilidade
Brasil

O problema na Educação, afinal, nunca foi o kit gay

Planos de educação tiveram contratempos com discussões distorcidas por quem achava que fazia “defesa da família”

A perda de tempo e energia contra a ‘vilania’ da ideologia de gênero foi uma luta idiota e terá um preço caro

Usando a religião de maneira torpe para a “defesa da família”, o foco nos planos municipais de educação foi tomado por uma discussão idiota sobre “ideologia de gênero“. Não matemática, não ciências, ou gramática, mas foco no medo de professores doutrinarem alunos para a perdição homossexual.

“Ideologia de gênero” foi confundida com “catequização de vida promíscua” e pais preocupados/confusos/usados levaram cartazes em audiências de educação, preocupados com a doutrina sexual dos filhos. O atual presidente foi eleito dizendo que as escolas usavam um kit gay.

Hoje, como mostra o relatório do Pisa, o Brasil apresenta péssimos números: nossos alunos não sabem fazer conta, não entendem ciência básica, não sabem interpretar um texto. E se tornam adultos que nãos sabem o que deve ser discutido em eleições e que não sabem votar. Pena. E regrediremos mais ainda.

Se sua preocupação foi esse livro, você foi enganado e Joao 8:32 foi usado em vão

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.