2 de junho de 2020Informação, independência e credibilidade
Policia

Operação prende 12 suspeitos de tráfico e homicídios em Maceió

Foram presas, sendo três mulheres e nove homens, nos bairros do Trapiche e Clima Bom

A Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas, em parceria com unidades das Polícias Civil e Militar, deflagrou uma operação com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que vinham atuando na prática de tráfico de drogas e homicídios em vários bairros de Maceió.

As operação teve início em dezembro de 2019, fruto de mais um trabalho integrado entre o delegado Gustavo Henrique, diretor da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic) e o Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Durante os trabalhos investigativos, ficou constatada a existência de uma organização criminosa que era vinculada a uma conhecida facção criminosa.

As ações aconteciam no bairro do Trapiche da Barra, no conjunto Virgem dos Pobres 3, conhecido também como Mutirão, além dos bairros do Clima Bom e Cidade Universitária, na parte alta da cidade.

Com base nas provas técnicas resultantes da investigação, a Deic realizou a representação dos pedidos de prisão à 17ª Vara Criminal e foram expedidos 15 mandados de prisão e 12 de busca e apreensão.

Equipes do Bope, 1º Batalhão, Batalhão de Polícia de Guardas (BPGd), da Polícia Militar, além da Deic, Tigre, Asfixia, da Polícia Civil e o Grupamento Aéreo cumpriram os mandados nas primeiras horas da manhã de hoje.

Ao todo, 12 pessoas foram presas, sendo três mulheres e nove homens, nos bairros do Trapiche e Clima Bom.

Todos os presos foram levados para a sede da Deic, no bairro da Santa Amélia, para a realização dos procedimentos legais cabíveis.

A população pode contribuir com o trabalho da Segurança Pública, repassando informações sobre esta e outras organizações criminosas utilizando o Disque–Denúncia. As denúncias podem ser enviadas por meio do aplicativo para smartphone ou podem ser feitas por meio do número 181. A ligação é gratuita e o sigilo garantido.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.