11 de dezembro de 2019Informação, independência e credibilidade
Blog

Paulão diz que AI-5 é cortina de fumaça da familia Bolsonaro

Para deputado, Eduardo Bolsonaro tenta apenas desviar o foco de denúncias graves

Paulão: querem desviar o foco de denúncias graves

O deputado federal Paulão (PT) disse nesta quinta-feira, 31, que ao defender a volta do AI-5 no País, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL) apenas tratou de colocar “uma cortina de fumaça” para os graves problemas que envolvem a família do presidente da República.

“Claro que ele deseja de fato o AI-5, por que na casa dele, todos, já deram provas reais de que são avessos à democracia, à liberdade de imprensa, às liberdades democráticas, enfim, ao convívio civilizado entre os contrários. Mas, o que está por trás da declaração é desviar o foco da relação de Jair Bolsonaro e seus filhos com a milícia marginal e assassina do Rio de Janeiro”. disse o deputado.

Para Paulão, o filho do presidente quis apenas desviar a atenção da grave denúncia que envolve a apuração do assassinato da vereadora Marielle Franco (Psol-RJ) e do motorista Anderson. “Eis um caso nebuloso com o envolvimento dos milicianos vizinhos do presidente e que não está devidamente apurado, devido as ligações perigosas de autoridades institucionais com as milícias cariocas”, destacou.

O deputado ainda lamentou o silêncio absoluto do ministro da Justiça, Sérgio Moro, e do próprio presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, sobre todos esses acontecimentos que também põem em risco à democracia e o estado democrático de direito no País.

50 anos depois

O Ato Institucional Nº 5 foi editado no País em 13 de dezembro de 1968 pela a ditadura militar. O ato que deu ao presidente da República o direito de tocar os rumos do país como quisesse e bem entendesse, sem ser questionado, na prática, dispensou o Congresso, o Poder Judiciário e amparou o estado de exceção com a tortura e morte de presos políticos nas delegacias do país. O ato vigorou até 1978. Foi sem dúvidas um das piores fases da história política e da repressão no Brasil

Agora, 50 anos depois o deputado federal Eduardo Bolsonaro propõe a volta do AI-5 como resposta à esquerda brasileira.

 

 

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.