7 de dezembro de 2019Informação, independência e credibilidade
Brasil

Paulão diz que Bolsonaro é desumano e preconceituoso com deficientes

Presidente propôs projeto para acabar com a inclusão de deficientes no mercado de trabalho

Bolsonaro manda acabar com mercado de trabalho de pessoas com deficiência

O deputado federal Paulão (PT-AL) reagiu na Câmara contra o  Projeto de Lei 6.159/2019, do Presidente Jair Bolsonaro, que desobriga empresas de adotarem uma política de cotas para pessoas com deficiência ou reabilitadas.

Para o deputado é uma falta de respeito total com para com as pessoas portadoras de deficiência. “É desrespeitoso com o ser humano de uma forma geral”, lamentou na tribuna.

Paulão declarou que se há uma atitude justa e responsável em meio a políticas públicas no País é a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

Disse que ao descartar essa necessidade, Bolsonaro expõe ainda mais a sua face truculenta e descompromissada com as pessoas que mais precisam de atenção no País.

Paulão: vamos derrubar esse projeto desumano e preconceituoso

“Quando ele promove um desmonte como esse materializa sua própria estratégia de governar para os ricos e o mercado financeiro. Quando atinge também os deficientes físicos revela ainda mais sua linhagem tirana, preconceituosa e perseguidora. Nós vamos agir na Câmara para derrubar mais essa investida desse governo atrasado, que tem ódio do povo simples e humilde, da gente que mais tem necessidade da atenção dos poderes públicos”, declarou o deputado.

Por fim disse que as cotas servem para obrigar a inclusão dos portadores de deficiência dentro o mercado de trabalho. Segundo ele, isso ocorre porque as empresas não contratam as pessoas por vontade própria, muitas também por absoluto preconceito.

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.