2 de julho de 2020Informação, independência e credibilidade
Esportes

Presidentes de clubes da Turner debatem MP de diretos de transmissão com Bolsonaro

Caso a MP vingue, a emissora que tiver contrato com o clube mandante pode transmitir seus jogos

Dirigentes de oito clubes brasileiros que negociaram seus direitos de TV fechada com a Turner se reuniram em Brasília, com o presidente Jair Bolsonaro e com o ministro das Comunicações Fábio Faria, para debater a Medida Provisória 984 editada pelo Planalto e que dá aos clubes mandantes a prerrogativa de negociarem seus direitos de transmissão.

Ainda há um racha sobre a validade imediata da MP. Para a Globo, enquanto estiverem em vigor contratos assinados antes da MP ser editada, prevalece a regra anterior.

Ou seja: para a Globo, uma emissora só pode transmitir uma partida se tiver direitos de ambas as equipes participando. Já os clubes presentes no encontro apoiam a MP e entendem que, a partir de agora, isso mudou.

Caso a MP vingue, a emissora que tiver contrato com o clube mandante pode transmitir seus jogos, mesmo que o visitante tenha acordo com uma emissora concorrente.

Isso significaria que a Turner poderia transmitir na TV fechada todos os jogos de clubes com os quais tem contrato, caso estes sejam mandantes. Participaram do encontro os presidentes de Palmeiras, Bahia, Santos, Ceará, Fortaleza, Athletico-PR, Internacional e Coritiba.

Mesmo assim, estes oito clubes e a Turner não estão em comum acordo: o grupo Turner acusa os clubes de descumprirem uma série de cláusulas contratuais. Por outro lados, os clubes acreditam que a empresa quer um pretexto para rescindir os acordos sem arcar com uma multa bilionária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.