9 de abril de 2020Informação, independência e credibilidade
Alagoas

PRF contabiliza redução de 80% no número de acidentes graves em Alagoas no fim de ano

Operação Ano Novo registrou queda de 33% no número total de acidentes

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou na noite de ontem (01) a Operação Ano Novo, que teve início na última terça-feira (28). Durante os cinco dias de fiscalizações, a PRF promoveu reforço no policiamento e educação para o trânsito com o objetivo de minimizar acidentes e combater a criminalidade em trechos críticos nas rodovias de Alagoas, durante o feriado.

A PRF registrou uma queda significativa de 33% no número total de acidentes, 80% de acidentes graves e 83% no número de feridos em relação ao mesmo período do ano passado.

Em 2018 foram atendidos 12 acidentes, destes, 19 pessoas ficaram feridas e uma vítima fatal. Já agora em 2019, foram atendidos 8 acidentes, com 8 pessoas feridas e uma morte.

Durante as ações de patrulhamento, os policiais fiscalizaram um total de 1.703 veículos e 1.659 pessoas. Foram realizados 671 testes de alcoolemia, 24 veículos flagrados realizando ultrapassagens indevidas. Os agentes também observaram 29 motociclistas ou passageiros de veículos de duas rodas sem fazer uso do capacete, 17 pessoas sem usar cinto de segurança.

Já o Cinema Rodoviário – com palestras e vídeos educativos que buscam sensibilizar os condutores e passageiros sobre a importância de hábitos e atitudes responsáveis para a construção de um trânsito mais seguro – alcançou 476 pessoas.

Prisões

Os trechos das BRs com maior fluxo de veículos, em que se nota mais imprudência dos condutores e maior demanda de sinistros receberam um maior reforço na fiscalização.

Durante a operação Ano Novo, quatro pessoas foram presas, todas elas conduziam seus veículos após ingerirem bebidas alcoólicas e apresentavam sinais claros de embriaguez ou no teste de etilômetro o resultado foi superior a 0,30mg/l. As ocorrências foram registradas nas BR 101 e 316 entre o sábado (28) e a quarta-feira (1º)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.