25 de maio de 2020Informação, independência e credibilidade
Brasil

Prioridades: Bolsonaro se solidariza com Gustavo Lima

Durante a pandemia, presidente resolveu dedicar seu tempo ao cantor sertanejo

Na noite em que demitiu Luiz Henrique Mandetta do Ministério da Saúde, no meio à crise do coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro falou com seu eleitorado no Twitter e resolveu prestar solidariedade ao cantor sertanejo, Gusttavo Lima.

Após as duas lives feitas pelo YouTube, o sertanejo foi acusado de fazer doações para famílias de um lixão que não existe. Depois, foi alvo do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar), por causa do consumo e divulgação de bebidas alcoólicas durante as transmissões.

E mesmo com dezenas de mortos no Brasil e milhares no mundo por causa de uma pandemia, que parece ser mais forte do que ele acredita ser, o presidente resolveu dedicar seu tempo para isso:

O filho nº 03 do chefe do Executivo, Eduardo Bolsonaro, fã do sertanejo, também se manifestou nas redes sociais, com vários twitter, pedindo para que Gustavo Lima não seja influenciado pela “opinião de quem só quer te destruir ou de vagabundos”.

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.