8 de dezembro de 2019Informação, independência e credibilidade
Expresso

PSL trocará deputados em CPMI das Fake News e bolsonaristas ficam de fora

Isso deve abrir caminho para a convocação de Carlos Bolsonaro e de assessores do presidente

Deputada Caroline de Toni (PSL-SC), da ala leal ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), não poderá mais protestar durante a CPMI das Fake News

O PSL trocará todos os deputados que integram a CPMI das Fake News até o fim do ano. Com isso, serão substituídos os titulares Filipe Barros e Caroline de Toni e os suplentes Eduardo Bolsonaro e Carlos Jordy, todos da ala bolsonarista do PSL, que como resultado de uma crise interna, resultou no Aliança pelo Brasil, novo partido de Bolsonaro.

O ex-líder da sigla na Câmara, Delegado Waldir, desafeto dos Bolsonaros, deve ficar com uma das vagas. Coronel Tadeu, aquele que derrubou a arte de PMs matando negros, também manifestou interesse em integrar a comissão. Isso deve mudar a correlação de forças da CPMI e deve abrir caminho para a convocação de Carlos Bolsonaro e de assessores do presidente. Esse, vale lembrar, fugiu das redes sociais.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.