11 de dezembro de 2019Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Renan Filho diz que Alagoas entra na vanguarda tecnológica na segurança pública

Viaturas, novos equipamentos de comunicação digital são novidades no sistema.

Novos equipamentos de comunicação para a estrutura da segurança pública de Alagoas

O governo de Alagoas comemora os novos investimentos na área de segurança pública, que vieram em formas de novas viaturas, armamentos de ponta e um sistema de radiocomunicação digital capaz de cobrir 100% do território alagoano, sem interferências.

Para o governador Renan Filho, isso significa dizer que  a segurança pública no Estado entrou definitivamente na vanguarda tecnológica

“Alagoas, novamente, dá exemplo ao país. Temos feito reiterados investimentos em Segurança Pública, que colocam esse importante setor na vanguarda. São equipamentos modernos e fundamentais para seguirmos sendo um dos Estados que mais reduzem violência no Brasil”, destacou o governador.

 

Foram entregues, durante a solenidade, 40 novas viaturas, 2 mil pistolas Glock, 25 fuzis 762 (sendo cinco snipers) e 29 mil munições que serão distribuídos entre as polícias Civil e Militar. Só as armas e munições representam mais de R$ 5 milhões em investimentos.

“Hoje é um dia histórico para a Segurança Pública, que representa um divisor de águas na parte logística das polícias Civil e Militar. O Governo do Estado oferece, aos seus policiais, o que existe de melhor em termos de armamentos”, destacou Lima Júnior.

As novas viaturas entregues durante a solenidade renovam a frota da PM na Região Metropolitana de Maceió. O evento também marcou o lançamento do sistema de radiocomunicação digital, que passa a cobrir 100% do território alagoano. Foram investidos R$ R$ 28 milhões, recursos do Governo Federal.

 

“A gente hoje tem um sistema muito mais moderno, que permite uma comunicação mais ágil e sem as interceptações, que poderiam ser feitas por criminosos. Só três Estados no Brasil possuem esse sistema digital e apenas Alagoas tem cobertura de 100% do seu território”, observou Renan Filho.

Ainda durante a solenidade, a Secretaria de Segurança Pública destinou para incineração 2,6 toneladas de drogas, avaliadas em R$ 7 milhões, e que foram apreendidas ao longo deste ano. A quantidade já é superior a toda a droga recolhida em 2018.

Investimentos

 

O governador também anunciou novos investimentos para Segurança Pública. O principal deles foi a execução de uma ampla reforma no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar de Alagoas, cujas instalações foram visitadas após a solenidade. As obras serão iniciadas no início do primeiro semestre de 2020.

Renan Filho informou que por meio de emendas parlamentares destinadas pelo senador Renan Calheiros e pelo deputado federal Isnaldo Bulhões, o Governo do Estado vai adquirir dois helicópteros e 20 novas viaturas.

“Essas novas aquisições vão gerar uma grande economia, cujos recursos serão injetados na própria Segurança Pública. Vamos chamar novos policiais, por meio de concurso público; dobrar o Ronda no Bairro e ampliar o Programa Força Tarefa. Teremos, assim, mais presença nas ruas”, disse, acrescentando que Maceió receberá dois Centros Integrados de Segurança Pública (Cisp) do tipo 3, que serão erguidos nas partes alta e baixa da capital. As emendas são do senador Renan Calheiros e do então deputado federal Ronaldo Lessa.

Governador Renan Filho entregou, nesta sexta-feira (25), novas viaturas, armamentos de ponta e um sistema de radiocomunicação digital capaz de cobrir 100% do território alagoano (Thiago Sampaio)

Renan Filho revelou, ainda, que o Estado conseguiu economizar R$ 12 milhões com a compra do sistema de radiocomunicação digital. Ele e o secretário Lima Júnior estiveram, na semana passada, reunidos com o ministro da Justiça, Sérgio Moro. Na oportunidade, solicitaram que a sobra dos recursos não retorne aos cofres da União e seja reconduzida, através de novo convênio, à Segurança Pública de Alagoas.

“É muito justo que o Estado, que conseguiu de maneira eficiente economizar, possa usar a sobra de recursos para intensificar o trabalho na Segurança Pública”, considerou Renan Filho, que retorna a Brasília na próxima semana para saber qual foi a decisão do Ministério da Justiça com relação ao pleito. (Com Severino Carvalho-Secom)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.