4 de abril de 2020Informação, independência e credibilidade
Policia

Ricardo Coutinho (PSB), ex-governador da Paraíba, é preso

Ele voltava da Europa após desembarcar no Rio Grande do Norte

Foi preso na noite dessa quinta-feira (19) o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB). Ele desembarcava no Rio Grande do Norte, ao retornar de uma viagem à Europa, quando foi alvo da Operação Calvário, da polícia federal.

A PF investiga desvios de R$ 134,2 milhões na saúde e educação da Paraíba e aguardava Coutinho, quando ele desembarcou no terminal internacional de Natal, e o acompanharam até a sede da PF em João Pessoa. E o diretório nacional do partido, assinado pelo presidente Carlos Siqueira, soltou uma nota oficial apoiando Coutinho:

A defesa pediu, na quinta-feira (19), um habeas corpus ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas ainda não houve decisão. Agora, o ex-governador deve passar por uma audiência de custódia ainda nesta sexta-feira (20), em que será decidido se ele seguirá preso ou se responderá o processo em liberdade.

No total, são 54 mandados de busca e apreensão e 17 de prisão preventiva. Além da Paraíba, as buscas ocorreram no Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Goiânia e Paraná.

Outro lado

O ex-governador afirmou, na terça (17) em suas redes sociais que foi surpreendido com a decisão judicial decretando sua prisão preventiva. O político também afirmou que a acusação de que ele faz parte de uma organização criminosa é “genérica”. Coutinho também prometeu que contribuirá com a justiça e que provará sua inocência.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Fui surpreendido com decisão judicial decretando minha prisão preventiva em meio a uma acusação genérica de que eu faria parte de uma suposta organização criminosa. Com a maior serenidade digo ao povo paraibano que contribuirei com a justiça para provar minha total inocência. Sempre estive à disposição dos órgãos de investigação e nunca criei obstáculos a qualquer tipo de apuração. Acrescento que jamais seria possível um Estado ser governado por uma associação criminosa e ter vivenciado os investimentos e avanços nas obras e políticas sociais nunca antes registrados. Lamento que a Paraíba esteja presenciando o seu maior período de desenvolvimento e elevação da autoestima ser totalmente criminalizado. Estou em viagem de férias previamente programada, mas estarei antecipando meu retorno para me colocar à inteira disposição da justiça brasileira para que possa lutar e provar minha inocência. Ricardo Vieira Coutinho

Uma publicação compartilhada por Ricardo Coutinho (@realrcoutinho) em

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.