7 de agosto de 2020Informação, independência e credibilidade
Blog

Sérgio Camargo causa inveja aos radicais da KKK

Para Sérgio Camargo, movimento negro é “escória maldita”

Sou afrodescendente de pela clara, não sei se possuo o tal “lugar de fala”, mas, vou abrir o bico mesmo assim, porque tenho direito à liberdade de expressão é aqui não há anonimato.

O que é aquilo que está na presidência da Fundação Palmares? O senhor Sérgio Camargo acaba de ser representado no Ministério Público Federal (MPF) por racismo e ofensa à legislação, pela Educafro (Educação e Cidadania de Afrodescendentes e Carentes).

Ele chamou o movimento negro de “escória maldita”, esculachou e declarou boicote a manifestação religiosas e culturais afrobrasileiras, além de claramente tentar manchar a imagem de Zumbi dos Palmares, símbolo da resistência negra e homem que dá nome à fundação que ele dirige.

“Não vai ter nada para terreiro na Palmares, enquanto eu estiver aqui dentro. Nada. Zero. Macumbeiro não vai ter nem um centavo”, disse Camargo em um trecho de áudio vazado recentemente.

Nem o mais fervoroso membro da Ku Klux Klan seria tão baixo. A declaração infeliz gerou reação. “Ao afirmar categoricamente que as religiões de matriz africana não irão receber ‘um centavo’ da Fundação, Sérgio Camargo incorre na discriminação odiosa, violando, de sobremodo o Estatuto da Igualdade Racial e a Constituição da República”, diz a Educafro, na representação.

Doente, não conhece o princípio da impessoalidade, ao cobrar de seus subordinados a “cabeça” de esquerdistas que tenham emprego na Fundação Palmares.

Um espírito obsessor de mão cheia! Um coração cheio de ódio e rancor. Uma pessoa que não vem para somar e cumprir a missão de colaborar para combater o racismo e seus impactos na sociedade mas, para reforçar a narrativa do vencedor.

Nesse momento em que a maior potência do mundo vive protestos diários e a comunidade internacional está mobilizada contra o racismo, o Brasil, como ocorre em todas as áreas, vai na contramão.

Um negro, aqui, é usado para fortalecer a supremacia branca. E o faz sem a cara arder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.