31 de maio de 2020Informação, independência e credibilidade
Maceió

Servidores da Prefeitura fabricam máscaras para usuários dos CAPs

A ideia surgiu no Núcleo de Cultura e Reabilitação Psicossocial de Maceió

Profissionais da Secretaria Munisipal de Saúde fabricam máscaras para usuários dos CAPs

Um atendimento humanizado e mais próximo do usuário já é característica conhecida dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) de Maceió. Responsável por atender pacientes com transtornos mentais, ofertar tratamento adequado e reinseri-los na sociedade por meio de atividades, o serviço também está trabalhando para que os usuários estejam informados, seguros e se protejam durante a pandemia do coronavírus.

E foi justamente com o intuito de garantir a segurança destes pacientes, que o Núcleo de Cultura e Reabilitação Psicossocial passou a produzir máscaras de tecidos para os usuários utilizarem quando for necessário sair de casa.

“A ideia foi nossa, ao observarmos que este é um momento que todo mundo tem que se prevenir. A gente tinha tecido suficiente para fazer essas máscaras, então resolvemos produzi-las. Elas têm a durabilidade das outras máscaras simples, para usar por duas horas e depois é necessário trocar”, conta Sônia Lubiana, coordenadora do núcleo.

A ideia foi bem acolhida pelos servidores da Prefeitura de Maceió

A ação ajuda ainda a orientar os usuários sobre os cuidados necessários e a importância de seguir as recomendações dos órgãos de saúde. “O isolamento é muito importante neste momento e a gente não tá deixando de assistir esse paciente que está em casa. A gente faz videoconferência, está sempre ligando para eles, explicando o porquê do isolamento e o que é a Covid-19. Além disso, todas as vezes que eles vão a um serviço, a gente disponibiliza máscaras para que eles tenham a proteção”, destaca Sônia.

O Núcleo de Cultura e Reabilitação Psicossocial é uma das estratégias da Gerência de Atenção Psicossocial da SMS para levar mais integração aos usuários e reinserção social. Com a suspensão temporária de algumas atividades em grupo, o planejamento e ações têm acontecido de forma adaptadas.

“Com a pandemia, não estamos tendo esse contato presencial, então  usamos estratégias, como a realização de videoconferências, tendo como objetivo saber como estão sendo desenvolvidas as ações pelos Caps, orientar e passar informações necessárias para o bom andamento do nosso trabalho”, explica a gerente Izolda Dias.

(Por Graziela França/Ascom SMS)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.