28 de maio de 2020Informação, independência e credibilidade
Cotidiano

Sesi e Senai comemoram conquistas nacionais na Educação e no Esporte

Conquistas foram na robótica, com uma das equipes classificada para a etapa nacional e no basquete em cadeira de rodas, com um título inédito para o Estado.

Basquete em cadeira de rodas venceu Brasileiro disputado em Salvador, na Bahia

Foi em Salvador, a famosa Terra de Todos os Santos, que a Rede Sesi/Senai de Educação e o Esporte do Sesi comemoraram importantes conquistas nacionais nessse fim de semana. Na sexta-feira, 7, o time de basquete em cadeira de rodas do Sesi/AL sagrou-se campeão do primeiro módulo da Copa Brasil de Basket 3×3 em Cadeira de Rodas, ao derrotar a Adefal por 9×0, no ginásio da Associação Atlética da Bahia. Um feito inédito para nosso Estado.

E mais: com apenas 15 anos de idade, o garoto Plínio Hugo ganhou o prêmio de revelação do torneio que reuniu 24 times de todo o Brasil – 16 masculinos e oito femininos. Além do título no Brasileiro de uma modalidade criada recentemente, o objetivo de fortalecer o time do Sesi/AL foi alcançado, disse o treinador, Pablo Lucini. “Foi uma experiência muito nova. A gente aprendeu rápido e, depois, [teve] o desempenho do pessoal no coletivo”, conta ele.

Robótica

Garotada da Roboben se classificou para torneio nacional de robótica, que será em São Paulo

A garotada da equipe Roboben – Escola Sesi/Senai do Benedito Bentes – ficou em segundo lugar na modalidade Champion Awards do torneio regional de robótica First Lego League (FLL), realizado nesse fim de semana, no Sesi Retiro, em Salvador-BA. Já a equipe Robocamb, formada por estudantes do ensino médio da Escola Sesi Cambona, conquistou o primeiro lugar na categoria “Design Mecânico”.

Com este resultado, a Roboben se classifica para a etapa nacional, que acontece nos dias 6, 7 e 8 de março, em São Paulo. Mesmo com o primeiro lugar, a Robocamb fica na suplência para a disputa na capital paulista.

Segunda colocada na categoria em que os juízes avaliam o conjunto do projeto apresentado, a Roboben, formada por alunos do 7º e 8º ano, foi uma das surpresas da competição, revela o treinador, professor Eduardo Monteiro. “Eles competiram de igual para igual com alunos do ensino médio”, disse.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.