5 de agosto de 2020Informação, independência e credibilidade
Justiça

Suspeito de participar de esquema de extorsão, juiz Braga Neto é afastado pelo TJ

Ele e o filho são suspeito da prática de tráfico de influência e eventual extorsão a reeducandos do Sistema Prisional

Nesta segunda (15), o juiz José Braga Neto foi afastado de forma imediata de suas funções. A determinação é do Corregedor-Geral de Justiça, Fernando Tourinho de Omena Souza, que será submetida ao Pleno o Tribunal de Justiça.

Braga Neto é suspeito da prática de tráfico de influência e eventual extorsão a reeducandos do Sistema Prisional, juntamente com o filho, o advogado Hugo Braga, preso na ‘Operação Bate e Volta’, no início do mês.

Segundo o Corregedor, contra o juiz José Braga Neto, foram ”evidenciadas nos autos as condutas perpetradas pelo juiz de juntamente com seu filho supostamente promover tráfico de influência e eventual extorsão com os apenados do sistema prisional”.

Tendo sido delatado pelos demais juízes que estão à frente da 16ª Vara Criminal da Capital Execuções Penais e considerando a existência de elementos concretos de sua possível participação nesse esquema, a corregedoria determinou o afastamento cautelar imediatmente.

O corregedor nacional de Justiça substituto, ministro Emmanoel Pereira, já instaurou na semana passada uma reclamação disciplinar contra Braga Neto e contra o desembargador Washington Luiz Damasceno Freitas, para apurar eventual violação de deveres funcionais por parte dos magistrados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.