18 de janeiro de 2020Informação, independência e credibilidade

Tag: Bolsonaro…

Bolsonaro sanciona Orçamento com fundo eleitoral de R$ 2 bi

Bolsonaro sanciona Orçamento com fundo eleitoral de R$ 2 bi

Política
O presidente Jair Bolsonaro sancionou sem vetos a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020. A expectativa é que a publicação saia no Diário Oficial da União de segunda-feira (20). O Orçamento, o primeiro elaborado durante a gestão de Bolsonaro, foi sancionado com o fundo de R$ 2 bilhões para o financiamento de campanhas eleitorais. Contraditório, o presidente defendeu, na semana passada, que o eleitor não vote em parlamentar que usar recursos do chamado “fundão”. Seu filho, o senador Flávio, chegou a dizer que voltou sem querer pelo fundo, confundindo o 'sim' pelo 'não. Chegou a dizer que não o usaria, mas já é tarde: o dinheiro que tomará recursos da saúde e educação não pode ser devolvido e vai de qualquer forma para o partido. https://www.youtube.com/watch?v=LJ8R8T-70Xs Prepara
Planalto não comentará discurso nazista de Alvim, mas Bolsonaro postou vídeo em jet ski

Planalto não comentará discurso nazista de Alvim, mas Bolsonaro postou vídeo em jet ski

Brasil, Vídeos
atualização: governo de forma interna anunciou que Alvim será demitido A Secretaria de Comunicação da Presidência da República informou o Palácio do Planalto não comentará o vídeo em que o Secretário de Cultura, Roberto Alvim, parafraseia um discurso de Joseph Goebbels, que foi ministro da Propaganda da Alemanha nazista. Bastante ativo no Twitter, o presidente Jair Bolsonaro preferiu publicar um vídeo em que aparece passeando de jet ski. - Bom dia a todos! pic.twitter.com/8kZXV2JzLr — Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) January 17, 2020
Governo federal anuncia aumento do piso dos professores

Governo federal anuncia aumento do piso dos professores

Brasil
O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciaram por meio de live em rede social o aumento de 12,84% do piso salarial previsto no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Segundo Weintraub, o reajuste anunciado “é o maior aumento em reais desde 2009.” O ajuste, acima da inflação de 2019 (4,31%), corresponde às expectativas da Confederação Nacional de Municípios (CNM) que já havia previsto o valor mínimo do magistério passaria de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24. Há expectativa entre gestores municipais que uma nova lei sobre o Fundeb seja criada este ano. A lei atual só prevê a manutenção do fundo até este ano.
Após fala nazista, Rodrigo Maia quer saída de Roberto Alvim da secretaria de Cultura

Após fala nazista, Rodrigo Maia quer saída de Roberto Alvim da secretaria de Cultura

Política
Nem mesmo Olavo de Carvalho consegue defender Roberto Alvim, secretário de Cultura de Jair Bolsonaro. O ideólogo astrólogo do presidente disse, em sua conta no Facebook, que no vídeo o secretário "talvez não esteja muito bem da cabeça". Ao lado de uma cruz, a bandeira do Brasil e abaixo da foto do presidente, Alvim fez um discurso com temática nazista, usando citações diretas de Joseph Goebbels, ministro da Propaganda de Hitler. E a música de fundo, durante todo o vídeo era da ópera “Lohengrin”, de Richard Wagner, obra reverenciada pelo líder alemão. #PrêmioNacionaldasArtes | Marco histórico nas artes e na cultura brasileira! Com investimento de mais de R$ 20 milhões, o Prêmio Nacional das Artes vai apoiar projetos de sete categorias em todas as regiões do Brasil. Dê o play e
Sem sutileza, secretário de Cultura de Bolsonaro parafraseia o de Cultura de Hitler

Sem sutileza, secretário de Cultura de Bolsonaro parafraseia o de Cultura de Hitler

Política, Vídeos
Anda cada vez mais deprimente e assustador noticiar sobre a política federal. Quando não é chefe de Estado ofendendo mãe de jornalistas e mandando-os calar a boca, a coisa parte para o nazismo. Literalmente. Desta vez, vídeo do secretário da Cultura Roberto Alvim provocou uma onda de indignação nas redes sociais, na madrugada desta sexta-feira (17), porque ele copiou trechos de discurso de Joseph Goebbels, ministro da Propaganda da Alemanha nazista. #PrêmioNacionaldasArtes | Marco histórico nas artes e na cultura brasileira! Com investimento de mais de R$ 20 milhões, o Prêmio Nacional das Artes vai apoiar projetos de sete categorias em todas as regiões do Brasil. Dê o play e confira! pic.twitter.com/dbbW4xuKpM — Secretaria Especial da Cultura (@CulturaGovBr) January 16, 2020 O
‘Cala a boca’: Bolsonaro ignora denúncia e manterá Chefe da Secom que recebe de TVs

‘Cala a boca’: Bolsonaro ignora denúncia e manterá Chefe da Secom que recebe de TVs

Política
Atacando a Folha de São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro resolveu manter Fabio Wanjgarten, chefe da Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência), no cargo mdxmo após a revelação de que ele possui um empresa que recebe dinheiro de contratadas do governo. "Se foi ilegal, a gente vê lá na frente. Mas, pelo que vi até agora, está tudo legal, vai continuar. Excelente profissional. Se fosse um porcaria, igual alguns que tem por aí, ninguém estaria criticando ele". Jair Bolsonaro, presidente. Na quarta (15), o jornal revelou que o Wanjgarten recebe, por meio de uma empresa da qual é sócio, dinheiro de emissoras televisivas e de agências de publicidade contratadas pela própria secretaria, ministérios e estatais do governo Bolsonaro. A Secom é a responsável pela distr
CPI encontra as principais contas de disparo irregular de WhatsApp nas eleições

CPI encontra as principais contas de disparo irregular de WhatsApp nas eleições

Política
Uma lista com as linhas telefônicas de WhatsApp responsáveis pelas maiores quantidades de disparo de mensagens em massa durante a campanha eleitoral de 2018 foi identificada pela CPI mista das Fake News no Congresso. O levantamento foi feito a partir de documentos que a empresa remeteu à comissão de inquérito em novembro passado. Em um universo de 400 mil contas banidas por uso irregular, ao menos 55 mil tinham comportamento anormal. Destas, provavelmente operadas por robôs, 24 respondem pela maior parte das mensagens disparadas em massa. As linhas telefônicas associadas a estes perfis possuem números dos Estados Unidos, Vietnã, Inglaterra e Brasil. Apesar das origens diversas dos números, os IPs indicam que todas as mensagens foram disparadas do Brasil. Assim, será possível cheg
Relação ilegal: Chefe da Secom de Bolsonaro recebe dinheiro da Record e Band

Relação ilegal: Chefe da Secom de Bolsonaro recebe dinheiro da Record e Band

Brasil
Fabio Wajngarten, o Chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, recebe através de uma empresa que é sócio dinheiro das emissoras Band, Record e de agências de publicidade contratadas pela própria secretaria, ministérios e estatais do governo Jair Bolsonaro. A relação apresenta não só um conflito de interesses, como é proibida pela legislação, pois o governo não pode manter relação com empresas que possam ser afetadas por suas decisões. E a Secom é a responsável pela distribuição da verba de propaganda do Planalto e também por ditar as regras para as contas dos demais órgãos federais. A prática implica conflito de interesses e pode configurar ato de improbidade administrativa, demonstrado o benefício indevido. Entre as penalidades previstas está a demiss
EUA apoiaram Brasil na entrada da OCDE afinal

EUA apoiaram Brasil na entrada da OCDE afinal

Economia
Os Estados Unidos agora consideram uma prioridade o ingresso do Brasil na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Este foi O governo americano entregou uma carta à organização oficializando que querem que o Brasil seja o próximo país a iniciar o processo de adesão à entidade, em um gesto ao governo Jair Bolsonaro. Isso significa que Washington defende que o Brasil ocupe a vaga que era da Argentina na fila de postulantes a um lugar no chamado clube dos países ricos. “Os EUA querem que o Brasil se torne o próximo país a iniciar o processo de adesão à OCDE. O governo brasileiro está trabalhando para alinhar as suas políticas econômicas aos padrões da OCDE enquanto prioriza a adesão à organização para reforçar as suas reformas políticas". Embaixada dos EUA
Salário mínimo subirá de R$ 1.039 para R$ 1.045

Salário mínimo subirá de R$ 1.039 para R$ 1.045

Economia
O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira (14) que reajustará o salário mínimo para 2020 dos atuais R$ 1.039 para R$ 1.045. O novo valor vale a partir de 1º de fevereiro. A definição será enviada ao Congresso por meio de uma nova Medida Provisória. Como o valor do salário mínimo para 2020 foi anunciado antes de a inflação oficial de 2019 ter sido divulgada, como acontece sempre, o governo considerou a projeção para a inflação, que era de 3,86%. Dessa forma, o salário mínimo passou de R$ 998 para R$ 1.039. Na semana passada, saiu o dado oficial de inflação, que ficou bem mais alta: 4,48%. "Nós tivemos uma inflação atípica em dezembro. Não esperávamos que fosse tão alta assim. Isso ocorreu, basicamente, pela alta no preço da carne. Temos que fazer com que o valor do s