28 de maio de 2020Informação, independência e credibilidade

Tag: Enem

Inscrições no Enem terminam nesta quarta

Inscrições no Enem terminam nesta quarta

Brasil
Termina às 23h59 desta quarta-feira (27)  o prazo para as inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) alerta os interessados que não deixem para a última hora e lembra que quem solicitou a isenção da taxa de inscrição precisa se inscrever, assim como os demais participantes. Feita a inscrição, o pagamento do boleto, no valor de R$ 85, só pode ser feito até amanhã. De acordo com o último balanço divulgado pelo Inep, mais de 5 milhões de estudantes se inscreveram no Enem 2020. Por causa da pandemia do novo coronavírus, no fim de junho será feita uma enquete com os estudantes inscritos, na Página do Participante. As datas do exame serão definidas após a consulta. Previsão do MEC e Inep
Inscrições para o Enem foram prorrogadas

Inscrições para o Enem foram prorrogadas

Brasil
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou nesta setxa (22) a prorrogação do prazo para inscrições ao Enem 2020 (Exame Nacional do Ensino Médio) em cinco dias. Agora, o estudante pode confirmar o cadastro até às 23h59 (de Brasília) da próxima quarta-feira (27), e não mais até às 23h59 (de Brasília) de hoje. "Decidimos prorrogar o prazo das inscrições do Enem até 23h59 de quarta-feira, 27 de maio. Os boletos da taxa da prova poderão ser pagos até 28/05. Os candidatos devem ficar atentos à confirmação da inscrição na Página do Participante". Abraham Weintraub, ministro do MEC. https://twitter.com/AbrahamWeint/status/1263868736769003520 O aumento do prazo vem na esteira do adiamento do Enem devido à pandemia do novo coronavírus, anunciado na última quarta-feira. A princípio,
Inscrições para o Enem terminam nesta sexta-feira

Inscrições para o Enem terminam nesta sexta-feira

Brasil
As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 terminam às 23h59 desta sexta-feira (22). As provas, entretanto, foram adiadas na quarta-feira (20) por 30 a 60 dias em relação ao que foi previsto inicialmente no edital, por determinação do Ministério da Educação. Ontem (21), segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelo exame, mais de 4, 3 milhões de estudantes tinham feito a inscrição para participar desta edição do Enem. Neste ano, o Inep também oferecerá o Enem Digital, porém, desde a semana passada, as 101,1 mil vagas ofertadas para a versão informatizada do exame já haviam se esgotado. A aplicação do Enem Digital será em laboratórios de informática, em diversas faculdades brasileiras, e o ca
Governo adia o Enem 2020

Governo adia o Enem 2020

Brasil, Expresso
https://twitter.com/AbrahamWeint/status/1263096893778923520 O MEC (Ministério da Educação) e o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) anunciaram hoje que o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) deste ano será adiado por 30 a 60 dias. A prova, que estava prevista inicialmente para novembro, deve acontecer agora em dezembro ou janeiro de 2021. Em média, 5 milhões de candidatos participam do Enem. Até o momento, segundo o MEC, mais de 4 milhões fizeram a inscrição para o exame deste ano. A decisão foi tomada um dia depois do Senado aprovar um projeto de lei (PL) que adia a realização Enem. O PL teve 75 votos favoráveis e um voto contrário (de Flávio Bolsonaro).
Deputado Marcelo Beltrão afirma que manutenção do calendário do Enem é um erro

Deputado Marcelo Beltrão afirma que manutenção do calendário do Enem é um erro

Alagoas
O presidente da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Turismo da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Beltrão, considera a manutenção do calendário do Enem 2020 pelo Ministério da Educação um erro. As inscrições foram abertas nessa segunda (11) e as provas estão previstas para serem realizadas no mês de novembro. Em um vídeo publicado em suas redes sociais, o deputado afirmou que seguir com este cronograma diante de uma pandemia, com escolas fechadas e aulas suspensas, será muito prejudicial aos estudantes, principalmente os das escolas públicas, que estão tendo grande dificuldade de estudar. “O Enem é uma avaliação muito importante e tem como dois grandes objetivos a democratização do acesso ao ensino superior e avaliar como está o ensino nas escolas. Manter o calendário em
Começam as inscrições do Enem, apesar da pandemia

Começam as inscrições do Enem, apesar da pandemia

Brasil
As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 começam nesta segunda-feira (11) e vão até o dia 22 de maio. Elas poderão ser feitas por meio da página do Enem na internet. A manutenção do cronograma da prova se dá apesar de, há cerca de dois meses, as aulas presenciais terem sido suspensas em todo o país por decretos estaduais e municipais, em uma tentativa de conter a disseminação do vírus. Entidades estudantis, secretários de educação e reitores de instituições de ensino defendem o adiamento do exame sob a justificativa de que nem todos os estudantes têm condições de manter os estudos durante a pandemia ou nem sequer têm acesso às ferramentas necessárias para o ensino a distância, como celular e computadores com acesso à internet. Mas, apesar crise sanitária
Weintraub se explica no Senado sobre Enem 2019 e fala em “probleminhas” e terrorismo

Weintraub se explica no Senado sobre Enem 2019 e fala em “probleminhas” e terrorismo

Política
O ministro da Educação, Abraham Weintraub, teve que se explicar ao Senado sobre os erros do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2019, nesta terça (11), em uma audiência da Comissão de Educação. E ele preferiu chamar o que aconteceu de "probleminhas", e afirmou ter havido uma "linha extremamente terrorista" para desacreditar a prova por parte de políticos, da imprensa e de alguns grupos econômicos. Claro, não citou nomes. O ministro foi convidado a comparecer à sessão para explicar os erros no Enem e no Sisu (Sistema de Seleção Unificada), programa do governo que seleciona candidatos a vagas em instituições públicas de ensino superior. Leia mais: Parlamentares vão ao STF por impeachment de Weintraub por quebra de decoro Enem, improbidade e fake news: Weintraub desponta como
Funcionários do MEC afirmam: Resultado do Enem não é 100% confiável

Funcionários do MEC afirmam: Resultado do Enem não é 100% confiável

Brasil
Ao identificar erros em notas do Enem 2019, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) refez a conferência dos desempenhos dos participantes, mas não recalculou os parâmetros dos itens usados nas provas do exame. O procedimento traria maior segurança para os resultados, mas esse cálculo levaria mais tempo para ser concluído. O governo Bolsonaro preferiu abrir mão dessa análise para dar uma resposta rápida aos erros e manter o cronograma do Sisu (Sistema de Seleção Unificada). Sem esse procedimento, funcionários do instituto e do MEC (Ministério da Educação) dizem, sob condição de anonimato, que não é possível ter 100% de confiança nos resultados. Na avaliação de técnicos da pasta, o recálculo dos parâmetros poderia reduzir o erro padrão do exame e indicar
STJ: Divulgação do Sisu é liberada

STJ: Divulgação do Sisu é liberada

Justiça
O desembargador João Otávio Noronha, presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), acatou hoje um recurso da AGU (Advocacia-Geral da União) e derrubou uma decisão que impedia a divulgação dos resultados do Sisu (Sistema de Seleção Unificada). A liberação da lista de aprovados foi parar na Justiça após o MEC (Ministério da Educação) admitir ter divulgado parte das notas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2019 com erros. Na semana passada, a Justiça Federal de São Paulo acatou um pedido da DPU (Defensoria Pública da União) e determinou a suspensão da divulgação dos resultados do Sisu até que o MEC e o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) comprovassem "documentalmente" que o erro na correção das provas do Enem foi completamente reso
Enem, improbidade e fake news: Weintraub desponta como o pior ministro do Governo

Enem, improbidade e fake news: Weintraub desponta como o pior ministro do Governo

Política
Diante de diversas polêmicas envolvendo os ministros do Governo Jair Bolsonaro, desde suas polêmicas às acusações de corrupção, o ministro da Educação, Abraham Weintraub está conseguindo se destacar. Da pior forma possível, nesta semana ele vem conseguindo se destacar como o pior chefe de pasta. Usuário assíduo do Twitter, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, não deixou a rede social de lado em meio à crise envolvendo o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), uma das principais portas de entrada ao ensino superior no Brasil. Em uma de suas interações, atendeu ao pedido de um seguidor alinhado ao governo Jair Bolsonaro (sem partido) para recorrigir a prova do Enem de sua filha. E com isso, a Defensoria Pública da União enviou nesta segu