7 de agosto de 2020Informação, independência e credibilidade

Tag: EUA

Escola nos EUA suspende aluna que tirou foto viral de estudantes sem máscara na volta às aulas

Escola nos EUA suspende aluna que tirou foto viral de estudantes sem máscara na volta às aulas

Mundo
Uma aluna da North Paulding High School, de Georgia, foi suspensa após sua foto do corredor lotado do colégio, no primeiro dia de volta às aulas nesta pandemia, viralizar. A direção não gostou de ser exposta, por causa dos alunos sem máscara. A repercussão, no entanto, não foi como eles esperavam. E após ser criticada pela medida, a escola resolveu suspender a suspensão da aluna de 15 anos, que compartilhou as imagens nas redes sociais "A diretora acabou de dizer que lamentava qualquer atenção negativa que isso lhe trouxesse e que, no futuro, gostaria que ela viesse à administração com quaisquer preocupações de segurança que tenha. A diretora confirmou que ela não terá nenhuma ação disciplinar em seu registro e poderá voltar à escola na segunda-feira." Lynne Watters, mãe de Hannah
OMS: Brasil, México e EUA são ameaças e precisam repensar estratégia contra covid-19

OMS: Brasil, México e EUA são ameaças e precisam repensar estratégia contra covid-19

Brasil
A resposta do governo brasileiro diante da pandemia deve ser alvo de um inquérito ou de uma avaliação. A declaração é do cientista suíço e colaborador da OMS (Organização Mundial da Saúde), Didier Pittet, considerado como um dos principais epidemiologistas na Europa. Nas últimas semanas, ele foi escolhido pelo presidente francês Emmanuel Macron para liderar um processo de avaliação sobre como a França reagiu à pandemia. Suas palavras sobre a situação brasileira são especialmente duras. De acordo com ele, Brasil, Estados Unidos e México "devem ser considerados como perigos para o restante do mundo" e representam uma ameaça aos países que, hoje, conseguiram um certo controle do vírus. Pittet é um dos conselheiros externos da OMS e um dos principais nomes em higiene pública no mu
EUA pressionou Brasil a reduzir tarifa do etanol para favorecer reeleição de Trump

EUA pressionou Brasil a reduzir tarifa do etanol para favorecer reeleição de Trump

Política
O governo americano foi acusado de tentar pressionar o Brasil a ajudar as perspectivas de reeleição de Trump, de acordo com uma carta do Comitê de Relações Exteriores da Câmara . Essa carta cita as notícias brasileiras que relatam o embaixador dos EUA no Brasil, Todd Chapman, pressionou os membros do governo do presidente brasileiro Jair Bolsonaro a reduzir as tarifas de etanol para apoiar os esforços de reeleição do presidente Donald Trump. Na carta, o presidente do Comitê de Relações Exteriores, Eliot Engel, exige que Chapman explique um artigo no qual o embaixador teria pedido que as tarifas fossem reduzidas como um "favor" do governo brasileiro à campanha de reeleição de Trump. "Iowa é o maior produtor de etanol dos Estados Unidos e pode ser um ator importante nas eleições de Trum
Vídeo: Tempestade tropical derruba muro “indestrutível” de Trump na fronteira com o México

Vídeo: Tempestade tropical derruba muro “indestrutível” de Trump na fronteira com o México

Mundo, Vídeos
Viraliza nesta segunda vídeo com a destruição parcial do muro da fronteira que separa os EUA e o México, desabando sob ventos fortes e fortes chuvas da tempestade tropical Hanna. O vídeo postadopela jornalista Yadith Valdez mostra trabalhadores da construção civil aguardando e assistindo a destruição, enquanto rajadas fortes derrubam a estrutura de aço no chão. O clipe é mais uma evidência da proposta ridícula de Trump. Promessa de campanha, já foram gastos mais de US $ 11 bilhões na construção do muro que deve custar cerca de US $ 21,6 bilhões para ser concluído. Há apenas algumas semanas, Trump se vangloriava de que seu muro é "a estrutura de muro de fronteira mais poderosa e abrangente' do mundo". Ele também havia dito que faria o México pagar pelo muro.
Professores nos EUA já atualizam seus testamentos para o retorno das aulas

Professores nos EUA já atualizam seus testamentos para o retorno das aulas

Mundo
Nesta semana, o Conselho de Educação do Condado de Orange aprovou em votação o retorno das crianças às escolas. Sem máscaras ou distanciamento social, apesar do aumento nos casos de coronavírus e de mais de 7.000 mortes de Covid-19 no estado. Claro, o retorno de volta às aulas com um plano com um número "aceitável" de mortes entre professores e estudantes alarmou os profissionais envolvidos na educação. As decisões sobre se as escolas serão reabertas e em que capacidade foram deixadas principalmente para os distritos escolares. Ou seja: não é só por aqui que a ciência vem perdendo espaço nas decisões durante esta pandemia. Leia mais: Reabertura das escolas em Israel foi um desastre que anulou os ganhos do bloqueio O presidente Donald Trump pressiona a abertura das escolas e
Trump diz que ‘é patriótico usar máscara’ e pede que sigam o exemplo de seu “presidente preferido”

Trump diz que ‘é patriótico usar máscara’ e pede que sigam o exemplo de seu “presidente preferido”

Mundo
Assim como o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, o americano Donald Trump é um completo negador da pandemia. Pregando que os EUA passariam sem sequelas pela crise do coronavírus e que não havia necessidade de condenar a Economia com um tratamento mais danoso que as sequelas provocadas pela covid-19, ele fez o país quebrar a cara. Com estados entrando e saindo de quarentenas, Trump ajudou seus seguidores a criticarem o uso de máscaras e que tudo não passava de uma conspiração chinesa. Leia mais: Segundo estudo, pessoas que fazem distanciamento social na pandemia são mais inteligentes Não colou e após milhões de infectados e mais de 140 mil mortos, ele viu que se seguisse nessa tocada iria perder algo mais importante do que a vida dos americanos: a eleição presidencial de nove
Antes tarde do que nunca: Mais estados norte-americanos decretam uso obrigatório de máscaras

Antes tarde do que nunca: Mais estados norte-americanos decretam uso obrigatório de máscaras

Mundo
Mais governadores de estados norte-americanos decretaram nessa quinta-feira (16) a obrigatoriedade do uso de máscaras em público, em alinhamento à posição de que o uso obrigatório dos equipamentos de proteção é necessário para combater a pandemia do novo coronavírus e não apenas uma questão de escolha pessoal.  O governador do Colorado, o democrata Jared Polis, anunciou que iria pedir que a maioria das pessoas usasse proteção facial em espaços internos, como lojas e empresas. O republicano Asa Hutchinson, do Arkansas, divulgou decreto similar, enquanto o governador de Ohio, Mike DeWine, também republicano, ampliou medida anterior para incluir mais pessoas. Todos os três haviam resistido em editar os decretos estaduais, mas agora dizem que o agravamento da crise de saúde não de
Segundo estudo, pessoas que fazem distanciamento social na pandemia são mais inteligentes

Segundo estudo, pessoas que fazem distanciamento social na pandemia são mais inteligentes

Mundo
Um novo estudo da  Proceedings da Academia Nacional de Ciências  indica que as pessoas que cumprem as diretrizes de distanciamento social na pandemia da covid-19 têm melhor capacidade de memória operacional, que é um indicador de inteligência. "Isso sugere que os formuladores de políticas precisarão considerar as habilidades cognitivas gerais dos indivíduos ao promover comportamentos de conformidade, como usar máscara ou envolver-se em distanciamento físico". WeiWei Zhang, professor associado de psicologia da Universidade da Califórnia em Riverside. A capacidade da memória de trabalho mede quanta informação pode ser mantida na mente por breves momentos e está fortemente correlacionada com inteligência, compreensão e solução de problemas. Entende-se ainda a memória de tra
Após voos brasileiros serem vetados nos EUA e Europa, Brasil restringe entrada de estrangeiros por um mês

Após voos brasileiros serem vetados nos EUA e Europa, Brasil restringe entrada de estrangeiros por um mês

Brasil
O governo brasileiro proibiu a entrada de estrangeiros no país por 30 dias. A medida, já publicada na edição extra do Diário Oficial da União (DOU) de terça-feira (30), foi assinada pelos ministros Walter Braga Netto (Casa Civil), André Mendonça (Justiça), Tarcisio Freitas (Infraestrutura) e Eduardo Pazuello (interino da Saúde). "Fica restringida, pelo prazo de trinta dias, a entrada no País de estrangeiros de qualquer nacionalidade, por rodovias, por outros meios terrestres, por via aérea ou por transporte aquaviário" Trecho da medida. As restrições, no entanto, não impedem a entrada no país, por via aérea, de estrangeiro com "visto de visita concedido para estada de curta duração, sem intenção de estabelecer residência, ou daqueles para os quais o visto de visita seja dispensad
Guedes não vai se esforçar para ajudar Weintraub no Banco Mundial

Guedes não vai se esforçar para ajudar Weintraub no Banco Mundial

Brasil
O ministro da Economia, Paulo Guedes, acredita que Abraham Weintraub enfrentará resistência para sua indicação no posto de diretor-executivo do Banco Mundial. E caso haja um veto, o Brasil terá que fazer outra indicação para a vaga. Guedes já confidenciou que, em caso de entraves, entregará uma nova sugestão sem fazer esforços para defender Weintraub. O Palácio do Planalto, no entanto, insiste na manutenção do ex-ministro da Educação no cargo. O Brasil integra o Banco Mundial por meio de um consórcio com outros oito países. São eles Colômbia, República Dominicana, Equador, Haiti, Panamá, Filipinas, Suriname e Trinidad e Tobago. Cada um deles adquiriu cotas em conjunto para integrar o organismo multilateral. De acordo com elas, eles têm o direito de ocupar cargos na instituição.