16 de julho de 2020Informação, independência e credibilidade

Tag: Governadores

Bolsonaro promete projeto que libera R$ 60 bi a estados e municípios

Bolsonaro promete projeto que libera R$ 60 bi a estados e municípios

Economia
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou hoje que vai sancionar o projeto que libera socorro financeiro de R$ 60 bilhões a estados e municípios em decorrência da pandemia do coronavírus. O anúncio foi feito durante uma reunião entre Bolsonaro e os governadores, realizada por videoconferência. O encontro teve clima amistoso e indica uma possível trégua na sucessão de atritos entre o mandatário e chefes de Executivo estadual. Bolsonaro trava uma guerra com governadores e prefeitos devido a divergências em relação ao enfrentamento dos impactos do coronavírus. O presidente quer a flexibilização da quarentena, e os rivais continuam a defender a necessidade de medidas restritivas. Após a reunião, auxiliares de governadores do Sudeste disseram que o resultado foi positivo po
Governadores divulgam carta em repúdio a discurso de Bolsonaro em ato pelo AI-5

Governadores divulgam carta em repúdio a discurso de Bolsonaro em ato pelo AI-5

Política
Governadores divulgaram uma carta aberta neste domingo (19) repudiando participação e discurso do presidente Jair Bolsonaro em ato pelo fechamento do Congresso Nacional e do STF (Supremo Tribunal Federal) e contra as medidas de isolamento social pela epidemia do coronavírus. 20 governadores divulgam agora Carta Aberta em defesa da Democracia. Manifestamos também solidariedade aos presidentes da Câmara, @RodrigoMaia, e do Senado, @davialcolumbre, em face de declarações de Bolsonaro. pic.twitter.com/ThWSwL3HsP — Flávio Dino 🇧🇷 (@FlavioDino) April 19, 2020 Na carta, os governadores manifestam apoio aos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP), respectivamente, em documento que não contou com assinatura dos governadores do A
Governadores prometem reagir se Bolsonaro reabrir o comércio pelo país

Governadores prometem reagir se Bolsonaro reabrir o comércio pelo país

Política
Governadores já cogitam acionar a Justiça se o presidente Jair Bolsonaro cumprir a sua vontade e assinar um decreto para liberar setores da economia a voltarem a funcionar. Bolsonaro disse neste domingo (29) que pensa em liberar a volta ao trabalho para quem precisa. Os mandatários estaduais se disseram indignados com a atitude do presidente, que neste domingo contrariou a orientação do Ministério da Saúde e circulou por Brasília cumprimentando apoiadores. A avaliação, feita em um grupo de WhatsApp com governadores do Nordeste, é que o presidente continua "inflando" o incêndio em vez de sentar à mesa e liderar o país frente aos desafios da pandemia. "Ele tem que parar de fazer política, parar de fazer intriga e assumir a função que a maioria do povo lhe deu de presidente da Repú
Governadores do Nordeste reforçam manutenção de medidas de isolamento social

Governadores do Nordeste reforçam manutenção de medidas de isolamento social

Alagoas
Governadores do Nordeste divulgaram carta, na tarde desta quarta-feira (25), em que reafirmam a manutenção das medidas preventivas de isolamento social contra o novo coronavírus (Covid-19). O chefe do Executivo alagoano, Renan Filho, participou da reunião com os gestores, realizada por meio de videoconferência. Ele defendeu a integração de esforços no sentido de minimizar os impactos gerados pela pandemia, mas ressaltou que é preciso primar, sempre, pelo que diz a ciência. “Soltamos uma carta mantendo a situação de isolamento, neste momento. Não se trata de uma questão de Alagoas, é uma questão de saúde pública. Quem sugere o decreto (de situação de emergência) é a ciência, a Organização Mundial de Saúde e os países que estão mundialmente enfrentando essa pandemia com o objetivo de
Governadores e secretários de Saúde criticam discurso radical de Bolsonaro

Governadores e secretários de Saúde criticam discurso radical de Bolsonaro

Política
O presidente Jair Bolsonaro foi muito criticado pelos governadores, após seu discurso radical, na noite desta terça (24), em que chamou novamente o Covid-19 de 'gripezinha' e focar mais uma vez no aspecto econômico da situação, e não na saúde dos brasileiros. Eles também acreditam que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, até então referência de boas ações durante a pandemia, perdeu legitimidade no governo. Oficialmente, 46 pessoas morreram vítimas da doença e mais de 2.000 foram infectadas. "Desconectado da realidade, desconectado da ação do Ministério da Saúde, atrapalha o trabalho dos governadores e menospreza os efeitos da pandemia. Os governadores precisam se reunir, estamos sem coordenação. O ministro e os governadores de um lado e o presidente menosprezando a pandemia