4 de agosto de 2020Informação, independência e credibilidade

Tag: Itália

Embaixada recomenda que italianos deixem o Brasil ‘o mais rápido possível’

Embaixada recomenda que italianos deixem o Brasil ‘o mais rápido possível’

Brasil
A Embaixada da Itália no Brasil publicou neste sábado (11) um comunicado em que pede para que cidadãos e residentes na Itália que estão no Brasil "por motivos de curto prazo" voltem para a Itália "o mais rápido possível". O texto destaca ainda que as empresas aéreas Lufthansa e AirFrance ainda operam no percurso do Brasil para a Europa e que é possível voltar com esses voos e destaca ainda que a oferta de voos domésticos no Brasil foi reduzida. A embaixada informa que "atualmente não há voos especiais de repatriamento" e que os italianos devem comprar a passagem aérea diretamente com as empresas, e não entrar em contato com o consulado ou a embaixada para isso. ❗️URGENTE - AVVISO AI CONNAZIONALI ❗️ L’Ambasciata d’Italia a Brasilia invita i connazionali RESIDENTI IN ITALIA,
OMS: Com números alarmantes, EUA podem ser o novo epicentro da pandemia

OMS: Com números alarmantes, EUA podem ser o novo epicentro da pandemia

Mundo
Dados recebidos durante a noite pela Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre o avanço da pandemia pelo planeta foram considerados como "alarmantes" pelos técnicos da entidade com sede em Genebra. A entidade está reunindo as informações consolidadas e deve publica-los pela tarde desta terça-feira, mas adiantou que o mundo irá registrar um "aumento significativo" em comparação ao que existia na segunda-feira. Oficialmente, a OMS contabiliza 334 mil casos até a noite de ontem, com 14,5 mil mortes, mas é preciso se preparar para um salto importante, com base nos dados recebidos ao longo da noite. Margaret Harris, porta-voz da OMS, disse que 85% de todos os novos casos estão sendo registrados na Europa e EUA. Mas rapidamente a situação americana está se deteriorando. 40% de todos
Itália bate recorde e em apenas um dia contabiliza 627 morte pelo coronavírus

Itália bate recorde e em apenas um dia contabiliza 627 morte pelo coronavírus

Mundo
A Itália registrou nesta sexta-feira (20) mais 627 mortes pelo novo coronavírus, de longe a maior alta diária desde o início da pandemia. Com isso, o número de vítimas de Covid-19 no país chegou a 4.032. Na quinta-feira, as mortes pela doença na Itália ultrapassaram o total de vítimas na China pela primeira vez. O país asiático, primeiro epicentro da pandemia de Covid-19, passou a registrar números mais baixos de contágio nos últimos dias. Uma das razões para a alta mortalidade no país é o grande número de idosos, proporcionalmente maior que na China — a idade média do italiano é de 44 anos, contra 37 dos chineses. Segundo o Instituto Superior de Saúde, ligado ao Ministério da Saúde, a idade média do italiano que se infecta pelo novo vírus é de 63 anos. Em quarentena há treze
Brasileiros na Itália relatam rotina após coronavírus

Brasileiros na Itália relatam rotina após coronavírus

Mundo
O café da vizinhança que estava sempre cheio agora não tem duas mesas ocupadas, um quarto das pessoas que estão no supermercado usam máscaras e um vidro separava o atendente da farmácia italiana de Florença da brasileira Analice Baldo, 40 anos, quando ela explicava para Agência Brasil a mudança na sua rotina após o governo da Itália ampliar os cuidados em decorrência da pandemia de coronavírus. Na última semana, em uma passagem pelo supermercado, Analice viu prateleiras vazias. Entre os itens que mais sentiu falta estavam papel higiênico, molho de tomate, massas e frango. A situação pareceu se normalizar, mas novamente nesta quarta-feira (11) artigos de primeira necessidade estavam em falta. Leia mais Ilze Scamparini chora no Bom Dia Brasil ao falar sobre o coronavírus na Itália
Ilze Scamparini chora no Bom Dia Brasil ao falar sobre o coronavírus na Itália

Ilze Scamparini chora no Bom Dia Brasil ao falar sobre o coronavírus na Itália

Vídeos
A Correspondente da TV Globo na Itália, a jornalista Ilze Scamparini se emocionou ao falar sobre os impactos do coronavírus, durante sua participação no Bom Dia Brasil. A Itália é o país mais atingido pela epidemia de covid-19, com mais de 400 mortes, e vive nesta terça (10) seu primeiro dia de total isolamento. A voz dela ficou embargada quando ela falou sobre falta de equipamentos nos hospitais. "Você não sabe se vai sobrar uma máquina para você respirar, se você desenvolver a forma mais grave da covid-19." Ilze Scamparini, correspondente da Globo na Itália.
Coronavírus: Só no domingo, Itália adiciona 1492 novos casos e 133 mortes

Coronavírus: Só no domingo, Itália adiciona 1492 novos casos e 133 mortes

Mundo
A Itália adotou medidas drásticas para tentar conter o novo coronavírus que está se espalhando rapidamente pelo país depois que, neste domingo, o número de infectados pelo Covid-19 foi adicionado em 1492 casos. E em um único dia, 133 pessoas morreram. Com idade avançada entre os atingidos, idade das mortes varia de 60 a 95 anos, exceto 2 abaixo de 60. A média geral do total é de 81 anos. Em 85% dos casos, cada um já sofria de uma doença subjacente. O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, assinou um decreto que, na prática, coloca 16 milhões de pessoas em quarentena. Qualquer pessoa que viva na região da Lombardia e outras 14 províncias do centro e norte do país precisam de uma autorização especial para viajar. A medida afeta cidades como Milão e Veneza. O primeiro-minist