31 de maio de 2020Informação, independência e credibilidade

Tag: Nordeste

Na Itália, Renan discute financiamentos e Consórcio Nordeste apresenta oportunidades

Na Itália, Renan discute financiamentos e Consórcio Nordeste apresenta oportunidades

Economia
No terceiro dia da missão do Consórcio Nordeste à Europa, onde governadores dos nove Estados buscam investimentos para áreas comuns à região, Alagoas já contabiliza importantes conquistas. Além de captar o voo que ligará Maceió a Portugal pela companhia aérea TAP e a instalação de uma unidade da rede de hotéis Vila Galé, que investirá R$ 120 milhões em Alagoas, o governador Renan Filho discutiu, nesta quarta-feira (20), a ampliação das relações com a Itália em áreas estratégicas para o estado e novos financiamentos do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA). Em Roma, os governadores foram recebidos pela diretoria do FIDA, agência especializada das Nações Unidas (ONU), que apresentou um projeto de acesso à água para comunidades rurais em desenvolvimento junto ao BND
Missão Europa do Consórcio Nordeste apresenta região às empresas estrangeiras

Missão Europa do Consórcio Nordeste apresenta região às empresas estrangeiras

Economia
Os governadores do Nordeste iniciaram, nesta segunda-feira (18), a missão na Europa. Durante evento em Paris, o grupo apresentou a 40 empresários franceses um mapa de oportunidades de investimentos no Nordeste. Os empresários também puderam esclarecer dúvidas com os governadores e alguns apresentaram atuações que já possuem no Brasil. Essa é a primeira articulação internacional do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste). Para ampliar o fluxo de negócios com investidores europeus e fortalecer as relações de cooperação, o consórcio destaca o potencial de consumo e de desenvolvimento da região nordestina, que reúne 57,1 milhões de habitantes e tem um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 898,1 bilhões, equivalente a 14% do PIB brasileiro.
Em carta coletiva, Governadores do Nordeste cobram União contra óleo no litoral

Em carta coletiva, Governadores do Nordeste cobram União contra óleo no litoral

Alagoas
O governador Renan Filho participou, na manhã desta quarta-feira (6), no Recife (PE), da abertura da Conferência Brasileira de Mudança do Clima (CBMC). O evento, que acontece no Arcádia Paço Alfândega, segue até sexta-feira (8). Renan Filho afirmou que toda estratégia para o desenvolvimento econômico e social precisa, necessariamente, passar pela abordagem da preservação ambiental. Ele disse que é necessário proteger o meio ambiente das mudanças climáticas que afligem o planeta. "O mundo desenvolvido, cada vez mais, defende esse caminho e todos nós, mesmo aqueles que precisam gerar emprego e dinamizar a economia, têm de fazê-lo preservando o meio ambiente. Acredito que esse é o caminho mais seguro para que a gente possa seguir adiante. Em Alagoas, a estratégia para o desenvolviment
Alagoas tem 50 pontos atingidos por óleo em seu litoral

Alagoas tem 50 pontos atingidos por óleo em seu litoral

Alagoas
  Após atualização do mapa que registra as áreas com locais atingidos por óleo no Nordeste brasileiro, nesta segunda (4), Alagoas Alagoas aparece com 50 pontos marcados. Destes, são três com manchas, 30 com vestígios esparsos e 17 sem manchas aparentes na última verificação. As áreas consideradas com manchas têm mais de 10% de contaminação. Já os locais com vestígios esparsos mostram que o ponto tem até 10% da contaminação por petróleo cru. Já os lugares sem manchas querem dizer que a praia está limpa. A última aparição de óleo no litoral alagoano ocorreu no domingo (3), na Praia de Japaratinga. Os mutirões realizados para a limpeza das localidades auxiliaram na limpeza de três pontos do litoral alagoano: Praia do Pontal do Peba, em Piaçabuçu, e nas praias de Coruripe e F
Dona do navio grego parte para a ofensiva: ‘Que o Brasil mostre evidências de que óleo é nosso’

Dona do navio grego parte para a ofensiva: ‘Que o Brasil mostre evidências de que óleo é nosso’

Brasil
A Delta Tankers, dona do navio grego suspeito de ser a fonte do maior desastre ambiental da história do Nordeste, afirmou que ainda espera que o Brasil mostre evidências de que o óleo é deles. No dia 29, o navio passava a 700 quilômetros da costa da Paraíba. A embarcação carregou óleo na Venezuela e se dirigia rumo à Ásia. Um representante da armadora disse nesta tarde que "só soube do caso, até agora, pela mídia" e que eles adorariam "auxiliar o governo brasileiro nessa investigação, mas não fomos contatados ainda". A afirmação é de Mark Clark, porta-voz da empresa. "Oficialmente, não temos conhecimento da investigação do suposto envolvimento do navio no vazamento de óleo", disse a empresa, proprietária do navio petroleiro Bouboulina, apontado na última semana pelo governo brasi
Óleo chega ao Parque Nacional de Abrolhos, no Sul da Bahia

Óleo chega ao Parque Nacional de Abrolhos, no Sul da Bahia

Brasil
O ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) determinou neste domingo a suspensão por três dias da visitação ao ao Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, depois que este foi atingido pelo vazamento de óleo nas praias do Nordeste. O santuário na Bahia é a mais extensa bancada de corais do Brasil e do Atlântico Sul, que resguarda, justamente por causa disso, a maior biodiversidade marinha da porção sul do Atlântico. A região possui ainda a maior produção pesqueira da Bahia, movimentando aproximadamente R$ 100 milhões por ano e provendo sustento a mais de 20 mil famílias. O fechamento é para não atrapalhar as atividades de prevenção, controle e remoção do óleo e minimizar possíveis danos à saúde dos visitantes. A depender do possível avanço das partículas de óle
A 54 km da costa: Pesquisadores da Ufal afirmam que óleo está vazando do fundo do mar

A 54 km da costa: Pesquisadores da Ufal afirmam que óleo está vazando do fundo do mar

Alagoas
atualização: A Marinha Brasileira disse que a mancha, que estaria avançando pelo mar da Bahia, identificada nas imagens de satélite e interpretada pela Ufal como a responsável pelas manchas nas praias do Nordeste, não é de óleo. Um enorme vazamento de óleo, com 55 km de extensão e 6 km de largura, a uma distância de 54 km da Costa do Nordeste, foi encontrado por pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Com imagens de satélites, o Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (Lapis) da Ufal, eles acreditam poder explicar a origem das manchas de óleo nas praias do Nordeste. O local, detectado por um padrão característico de manchas de óleo no oceano, em formato de meia lua, fica no Sul da Bahia, nas proximidades dos municípios de Itamaraju e Pra
Mapa define defesos adicionais em áreas atingidas por óleo no Nordeste

Mapa define defesos adicionais em áreas atingidas por óleo no Nordeste

Expresso
O Diário Oficial da União publica nesta terça-feira (29) instrução normativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que estabelece excepcionalmente períodos de defeso adicionais para este ano nas atividades pesqueira nas áreas atingidas pelo óleo no Nordeste. De acordo com o documento, a medida decorre da “grave situação ambiental resultante de provável contaminação química por derramamento de óleo no litoral da Região Nordeste, proibindo a atividade pesqueira”. Os períodos adicionais definidos, conforme normativas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), vão de 1º de novembro a 31 de dezembro.
Governo demorou a agir contra manchas de óleo no NE

Governo demorou a agir contra manchas de óleo no NE

Brasil
Existe um manual, elaborado pelo Plano Nacional de Contingência de Incidentes com Óleo (PNC). E uma rápida leitura mostra que o governo demorou a agir no vazamento de óleo no Nordeste do Brasil, mesmo com o agravamento diário das manchas. O manual indica 35 perguntas que ajudam a determinar a magnitude do problema e a necessidade ou não de dar prosseguimento ao plano: A fonte de descarga [de óleo] não foi controlada? Há possibilidade de ampliar a(s) área(s) impactada(s)? Há possibilidade de o óleo causar impactos ambientais de relevante comoção social? Há possibilidade de o óleo afetar área de importância socioeconômica? No caso do vazamento de óleo que atinge o Nordeste brasileiro desde 30 de agosto e já afetou mais de 230 localidades, as respostas para essas pergu