4 de agosto de 2020Informação, independência e credibilidade

Tag: OMS

OMS: Brasil, México e EUA são ameaças e precisam repensar estratégia contra covid-19

OMS: Brasil, México e EUA são ameaças e precisam repensar estratégia contra covid-19

Brasil
A resposta do governo brasileiro diante da pandemia deve ser alvo de um inquérito ou de uma avaliação. A declaração é do cientista suíço e colaborador da OMS (Organização Mundial da Saúde), Didier Pittet, considerado como um dos principais epidemiologistas na Europa. Nas últimas semanas, ele foi escolhido pelo presidente francês Emmanuel Macron para liderar um processo de avaliação sobre como a França reagiu à pandemia. Suas palavras sobre a situação brasileira são especialmente duras. De acordo com ele, Brasil, Estados Unidos e México "devem ser considerados como perigos para o restante do mundo" e representam uma ameaça aos países que, hoje, conseguiram um certo controle do vírus. Pittet é um dos conselheiros externos da OMS e um dos principais nomes em higiene pública no mu
OMS: Pandemia durará muito tempo

OMS: Pandemia durará muito tempo

Mundo
O Comitê de Emergência da Organização Mundial de Saúde (OMS) prevê que a pandemia da covid-19 irá durar muito tempo e, por isso, é necessário continuar os esforços para a sua contenção em todo o mundo. Segundo dados oficiais da OMS, a doença já provocou 675.060 mortos e infectou quase 17,4 milhões de pessoas em todo o mundo. O grupo de cientistas, que se reuniu por videoconferência, avaliou a evolução da pandemia de covid-19, tendo em conta toda a informação científica que surgiu sobre o novo coronavírus nos últimos três meses, data da última reunião.O Comité de Emergência da OMS é composto por 18 cientistas de vários países. "A pandemia é uma crise sanitária que ocorre uma vez em cada século e os seus efeitos serão sentidos nas décadas seguintes”. Tedros Adhanom Ghebreyesus, diret
OMS mostra entusiasmo com a dexametasona: “Um avanço contra a covid-19”

OMS mostra entusiasmo com a dexametasona: “Um avanço contra a covid-19”

Mundo
A Organização Mundial da Saúde (OMS) considerou, ontem, que a utilização do esteroide dexametasona, que reduziu significativamente a mortalidade em pacientes seriamente afetados pelo novo coronavírus, é um avanço científico na luta contra a pandemia de covid-19. O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que se trata do primeiro tratamento comprovado que reduz a mortalidade em pacientes que apenas conseguem respirar com o uso de respiradores. "São boas notícias e congratulo o governo britânico, a Universidade de Oxford e os muitos hospitais e pacientes no Reino Unido que contribuíram para esse avanço científico capaz de salvar vidas". Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS. O Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS, na sigla inglesa) vai começar a ut
OMS afirma que pessoas sem sintomas transmitem coronavírus

OMS afirma que pessoas sem sintomas transmitem coronavírus

Mundo
A OMS nega que tenha dado qualquer sinal de que esteja defendendo para a possibilidade de uma abertura mais rápida das economias, pede que quarentenas sejam mantidas como estratégia e rejeita a interpretação de que estudos tenham concluído de forma definitiva que pessoas sem sintomas não repassam o covoronavírus. Para a agência de Saúde, não existem dúvidas: pessoas assintomáticas também transmitem o coronavírus. O que não se sabe é qual a proporção dessas pessoas que, de fato, tem a capacidade de contaminar outras. A chefe da unidade de doenças emergentes da OMS, Maria Van Kerkhove, afirmou que algumas pesquisas indicam que pacientes assintomáticos têm poucas chances de transmitir a covid-19. Ela, porém, citava apenas um estudo de pequeno porte. Na manhã de terça-feira, o pre
OMS: Transmissão de Covid-19 por pacientes sem sintomas parece ser rara

OMS: Transmissão de Covid-19 por pacientes sem sintomas parece ser rara

Mundo
A chefe do programa de emergências da Organização Mundial de Saúde (OMS), Maria van Kerkhove, afirmou nesta segunda-feira (8) que a transmissão da Covid-19 por pacientes sem sintomas da doença parece ser "rara". Entretanto, ela ressaltou que há diferença entre assintomáticos e pré-sintomáticos, que são as pessoas que vão desenvolver algum sintoma da doença. Maria van Kerkhove fez a declaração durante pronunciamento no qual argumentava que a contenção da transmissão da Covid-19 pode ser mais rápida com a localização e o isolamento dos casos sintomáticos. A explicação de Maria durante entrevista no começo da tarde foi alvo de críticas e dúvidas. Horas depois, em seu perfil no Twitter, ela reforçou que há diferença entre pacientes assintomáticos e pré-sintomáticos. No docu
OMS: Situação no Brasil é “profundamente preocupante”

OMS: Situação no Brasil é “profundamente preocupante”

Brasil
A OMS (Organização Mundial da Saúde) fez um apelo aos governos do novo epicentro da pandemia do coronavírus, Brasil e com a América do Sul: "encontrem o vírus". Margaret Harris, porta-voz da entidade, declarou nesta manhã em Genebra que a situação no Brasil e na região, que agora registra mais de uma morte por minuto, é "profundamente, profundamente preocupante". Só o Brasil hoje é o terceiro país com maior número de mortes. Considerando apenas os últimos sete dias, o Brasil lidera no mundo, segundo os dados da própria OMS. Segundo a agência de Saúde, os "principais motores do mundo são os países da América do Sul, Central e do Norte, em especial os EUA". E alerta que só haverá um controle da doença se governos conseguirem saber onde está o vírus. Para isso, porém, testes s
OMS suspende teste com hidroxicloroquina contra coronavírus por provocar mais mortes

OMS suspende teste com hidroxicloroquina contra coronavírus por provocar mais mortes

Brasil
Tedros Ghebreyesus, diretor-geral da OMS, anunciou que suspendeu os testes com hidroxicloroquina em suas pesquisas para avaliar um tratamento contra o coronavírus, após a publicação de um estudo sobre os riscos do remédio. A "pausa" nas pesquisas será adotada até que a questão da segurança do remédio seja avaliada em detalhe. A pesquisa com 96 mil pacientes publicada na revista The Lancet diz que o uso desse medicamento pode estar relacionado a um aumento no risco de morte por problemas cardíacos, como arritmia. A OMS insistia que não tinha evidências científicas do resultado positivo da hidroxicloroquina. Mas decidiu incluir o remédio nas pesquisas que estava conduzindo em cerca de 400 hospitais pelo mundo. Diante da constatação da revista de que o remédio pode representar um
OMS: América do Sul é novo epicentro da pandemia e Brasil é o mais afetado

OMS: América do Sul é novo epicentro da pandemia e Brasil é o mais afetado

Brasil
O diretor do programa de emergências da Organização Mundial de Saúde (OMS), Michael Ryan, declarou nesta sexta-feira (22) que a América do Sul se tornou o novo epicentro da pandemia de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. A entidade foi questionada se estava oferecendo algum tipo de assistência direta ao Brasil, que registrou um recorde de mortes diárias na quinta-feira (21), com 1.188 mortes em 24 horas, segundo balanço do Ministério da Saúde. Mais de 20 mil pessoas já morreram no país de Covid-19. "Em termos de resposta, nossos colegas na Opas (OMS nas Américas) estão fornecendo ajuda direta ao governo e a muitos dos estados que estão sendo duramente afetados, incluindo o Amazonas. A maioria dos casos é da região de São Paulo, mas também Rio de Janeiro, Ceará, Amazon
Comitê Científico do Nordeste recomenda lockdown quando 80% dos leitos estiverem ocupados

Comitê Científico do Nordeste recomenda lockdown quando 80% dos leitos estiverem ocupados

Brasil
O sexto boletim do Comitê Científico do Consórcio Nordeste para o enfrentamento da COVID-19 já cogita o lockdown diante do crescente número de casos na Região Nordeste. A medida precisaria ser adotado quando os números de leitos hospitalares tenham superado 80% de ocupação e, ao mesmo tempo, a curva de casos e de óbitos seja ascendente. Segundo Fábio Guedes Gomes, Diretor-presidente da Fapeal e Membro do Comitê Científico do Consórcio Nordeste, nenhum gestor pretende chegar a uma situação de fechamento total, mas precisa das orientações para que uma tomada de decisões, diante dos diversos interesses e impactos envolvidos. Guedes afirma que o decreto de lockdown vai depender muito da capacidade de cada estado de fazer a entrega de leitos hospitalares, principalmente de
Bolsonaro publica (e deleta) afirmação de que OMS incentiva masturbação e homossexualidade de crianças

Bolsonaro publica (e deleta) afirmação de que OMS incentiva masturbação e homossexualidade de crianças

Brasil, Expresso
Na noite desta quarta (29), o presidente Jair Bolsonaro acusou a OMS (Organização Mundial da Saúde) de incentivar a masturbação e a homossexualidade de crianças. Claro, ele voltou atrás e apagou o post publicado em seu perfil no Facebook minutos depois, mas o estrago já tá feito e agora será vendido como a verdade que libertará. "Essa é a Organização Mundial da Saúde (OMS) que muitos dizem que eu devo seguir no caso do coronavírus. Deveríamos então seguir também diretrizes para políticas educacionais?". Jair Bolsonaro, presidente. Querendo tirar de si a responsabilidade pelas mortes provocadas pelo coronavírus e sua sabotagem às recomendações da OMS, Bolsonaro chegou a dizer que não ouve a Organização pois sem diretor não é médico. Tedros Adhanom, no entanto, tem mestrado em Imunolog