11 de agosto de 2020Informação, independência e credibilidade

Tag: Vacina

OMS não vai recomendar vacina russa sem apresentação de dados

OMS não vai recomendar vacina russa sem apresentação de dados

Mundo
Sem os resultados de ensaios clínicos das fases 1, 2 e 3, a Organização Mundial da Saúde (OMS) não recomendará a vacina russa, afirmou nesta terça (11) Jarbas Barbosa da Silva Jr, diretor-assistente da Opas (Organização Pan-Americana da Saúde). A OMS ainda não recebeu do governo russo informações técnicas sobre a vacina que registrou e pretende começar a utilizar ainda neste mês. A organização está em contato com as autoridades russas para discutir procedimentos de pré-qualificação. “Uma vacina só pode ser aplicada em qualquer lugar do mundo depois que realizar os ensaios clínicos das fases 1, 2 e 3 e comprovar sua segurança e sua eficácia”. Jarbas Barbosa da Silva Jr, diretor-assistente da Opas. Em acompanhamento feito pela OMS sobre as dezenas de vacinas atualmente em desenvolvi
Bolsonaro assina nesta quinta MP que libera quase R$ 2 bilhões para vacina

Bolsonaro assina nesta quinta MP que libera quase R$ 2 bilhões para vacina

Brasil
Quase R$ 2 bilhões devem ser liberados, para investimento na produção da vacina contra o novo coronavírus, depois que o presidente Jair Bolsonaro assinar nesta uma medida provisória, às 18h. O valor será destinado à (Fiocruz) Fundação Oswaldo Cruz, que fechou acordo com a farmacêutica AstraZeneca para compra de lotes e transferência de tecnologia da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido. O Secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, já havia adiantado que a estimativa de entrega da vacina de Oxford seria em dezembro deste ano. Ele citou um contrato para que o Brasil adquirisse parte da tecnologia e pudesse produzir a imunização em solo nacional, criando independência em relação a outros países. Medeiros também não descartou o interesse do min
Ministério da Saúde assina documento que viabiliza 100 milhões de vacinas contra covid-19

Ministério da Saúde assina documento que viabiliza 100 milhões de vacinas contra covid-19

Brasil
O Ministério da Saúde assinou um documento que dará base para o acordo sobre a transferência e produção de 100 milhões de doses da vacina contra a covid-19, caso seja comprovada a sua eficácia e segurança. O acordo foi feito através da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e a AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford. O secretário de vigilância em saúde da pasta, Arnaldo Correia de Medeiros, afirmou nesta semana que o primeiro lote —de 15 milhões de vacinas — deve chegar em dezembro deste ano. A imunização está na terceira e última fase de testes. O governo prevê um investimento de R$ 522,1 milhões na estrutura de Bio-Manguinhos, unidade da Fiocruz produtora de imunobiológicos. O objetivo, diz a pasta em nota, é ampliar a capacidade nacional de produção de vacinas e te
Lewis Hamilton critica Bill Gates e mostra ser antivacinas nas redes sociais

Lewis Hamilton critica Bill Gates e mostra ser antivacinas nas redes sociais

Esportes
Seis vezes campeão da Fórmula 1, Lewis Hamilton, recebe fortes críticas depois de compartilhar um post com uma mensagem anti-vacina em seu Instagram. A publicação, um compartilhamento de King Bach, é um vídeo de uma entrevista com o co-fundador e filantropo da Microsoft Bill Gates discutindo testes de vacinas para o COVID-19 com a legenda. Hamilton, que compartilhou o post para seus 18,3 milhões de seguidores no Instagram, comento assim: 'Lembro quando contei minha primeira mentira'. A frase é acompanhada com o emoji "chorando de rir". Antivacina Hamilton ser integrante do movimento antivacina não deveria ser novidade. Semanas atrás, o piloto compartilhou uma captura de tela sobre um pequeno protesto contra a vacina COVID-19 de Oxford sendo testada na África do Sul, com
Vacina de Oxford contra coronavírus é segura e eficaz, segundo estudo

Vacina de Oxford contra coronavírus é segura e eficaz, segundo estudo

Mundo
A vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, em parceria com a farmacêutica AstraZeneca, é segura e capaz de desenvolver anticorpos contra o novo coronavírus. Ao menos é o que mostram os primeiros resultados do ensaio envolvendo cerca de 1.077 pessoas divulgados hoje na renomada revista The Lancet. De acordo com os dados, as pessoas que receberam a imunização, entre 23 de abril e 21 de maio, no Reino Unido, produziram anticorpos e glóbulos brancos para combater o vírus. A vacina não apresentou nenhum efeito colateral grave e provocou respostas imunes com anticorpos e células T. Leia mais: Vacina chinesa contra o coronavírus chega ao Brasil para testes A vacina é uma das mais promissoras para combater o novo coronavírus e está na terceira e última fase
São Paulo inicia testes da vacina CoronaVac no dia 20 de julho

São Paulo inicia testes da vacina CoronaVac no dia 20 de julho

Brasil
Após aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na última sexta-feira (3), o governo de São Paulo vai iniciar a fase 3 de teste em humanos da vacina contra o novo coronavírus, chamada de CoronaVac, no dia 20 de julho. “A Anvisa autorizou o Instituto Butantan a iniciar os testes da CoronaVac, a vacina está sendo desenvolvida junto com o laboratório chinês. A partir da próxima segunda-feira (13), os voluntários já poderão se inscrever. A inscrição será obrigatoriamente para profissionais da saúde. Com a aprovação da Anvisa, começaremos o processo de testagem a partir do dia 20 de julho”. João Doria, governador de São Paulo. Segundo Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, esta vacina contra o novo coronavírus é desenvolvida pela Sinovac, sediada na China, e é uma
Parceria com Reino Unido prevê 100 milhões de vacinas para Covid-19 no Brasil

Parceria com Reino Unido prevê 100 milhões de vacinas para Covid-19 no Brasil

Brasil
O Ministério da Saúde anunciou neste sábado (27) uma parceria com a farmacêutica britânica AstraZeneca e com a Universidade Oxford, no Reino Unido, para desenvolvimento e produção de vacina contra a Covid-19. Inicialmente, estão previstas 30,4 milhões de doses. Nessa fase inicial, serão dois lotes de insumos e transferência de tecnologia: um em dezembro de 2020 e outro em janeiro de 2021.O governo reconhece que a vacina ainda não é considerada segura nem eficaz, mas participará do seu desenvolvimento. Se comprovada a segurança e eficácia da vacina, o Brasil deverá produzir mais 70 milhões de doses. Os custos da fase inicial, segundo o governo, são no valor total de U$ 127 milhões (R$ 695 milhões), incluídos os custos de transferência da tecnologia e do processo produtivo para Fio
Nova vacina contra meningite já está disponível nas unidades de saúde

Nova vacina contra meningite já está disponível nas unidades de saúde

Maceió
Já está disponibilizada nas unidades de saúde de Maceió a vacina Meningocócica ACWY, introduzida pelo Ministério da Saúde no calendário vacinal, para os adolescentes na faixa etária de 11 e 12 anos de idade e que imuniza contra os tipos A, C, W e Y de meningite. De acordo com a Gerência de Imunização da SMS, a introdução leva em consideração a gravidade da doença meningocócica, que possui evolução rápida e potencial de causar epidemias, sendo considerada um problema de saúde pública. “O meningococo é uma das principais bactérias causadoras de meningite, podendo os indivíduos variar do quadro de portadores assintomáticos da bactéria ao desenvolvimento da doença meningocócica (DM)”, explica Camila Peixoto, enfermeira da gerência. O esquema vacinal da MenACWY é composto por uma d
Vacinação drive-thru imuniza quase 4 mil usuários de Maceió contra influenza em três dias

Vacinação drive-thru imuniza quase 4 mil usuários de Maceió contra influenza em três dias

Maceió
Como mais uma estratégia para imunizar o público-alvo da campanha de vacinação contra a influenza, a Secretaria Municipal de Saúde realizou mais uma edição do drive-thru no Maceió Shopping, que fica em Mangabeiras. Desta vez, 3907 pessoas foram beneficiadas em três dias de funcionamento deste modelo de vacinação. A campanha, que foi estendida e segue até 30 de junho, visa imunizar o público-alvo contra três tipos graves da influenza, evitando complicações pela doença. A vacina não possui eficácia contra o coronavírus, mas auxilia os profissionais de saúde a excluírem estes tipos de influenza no diagnóstico dos usuários. A 3ª fase da vacinação foi dividida em duas etapas. A primeira, que foi de 11 a 17 de maio foi voltada para imunizar crianças de seis meses a cinco anos, gestante
PRF encerrou vacinação contra gripe para caminhoneiros nas Unidades Operacionais de AL

PRF encerrou vacinação contra gripe para caminhoneiros nas Unidades Operacionais de AL

Policia
A Polícia Rodoviária Federal em Alagoas (PRF/AL) encerrou, na manhã de hoje (30), os trabalhos de imunização contra a gripe em suas Unidades Operacionais (UOPs). Iniciadas no dia 22, as ações feitas em conjunto com as Secretarias de Saúde dos municípios disponibilizou mais de 700 doses da vacina para que os caminhoneiros não precisassem se deslocar até as unidades de saúde para recebê-las. Os pontos de vacinação foram organizados nas Unidades Operacionais de Palmeira dos Índios, Rio Largo e Carié, com funcionamento das oito ao meio-dia. Desde o início da campanha, 447 caminhoneiros já foram imunizados, sendo 276 em Rio Largo, 89 no Carié e 82 em Palmeira dos Índios. Os serviços disponibilizados tiveram o objetivo de facilitar o acesso da classe de caminhoneiros à vacina, e