28 de fevereiro de 2020Informação, independência e credibilidade
Mundo

Tumulto em funeral de general iraniano deixa dezenas de mortos

Tragédia levou ao adiamento do enterro do general Qassim Suleimani, morto em um ataque dos EUA

Uma confusão durante o funeral do general Qassim Suleimani deixou dezenas de mortos na cidade de Kerman. Segundo o site Young Journalists Club, ligado à TV estatal do país, foram ao menos 35 mortes e 48 feridos.

Não há detalhes ainda sobre o que causou o tumulto, ocorrido em meio a um cortejo que reuniu centenas de milhares de pessoas nas ruas da cidade natal do general. Imagens mostram pessoas caídas no chão, com os rostos cobertos, enquanto equipes de resgate tentavam reanimar outros feridos.

Devido à tragédia, o enterro do general foi adiado, segundo a agência ISNA. A nova data não foi informada. Suleimani foi morto por um ataque dos EUA na sexta (3) no Iraque. Ele foi uma das autoridades com mais poder no Irã, e é considerado um herói no país.

Suleimani liderou po mais de 20 anos a força Quds, braço de elite da Guarda Revolucionária do Irã responsável pelo serviço de inteligência e por conduzir operações militares secretas no exterior.

Próximo do aiatolá Khamenei, Suleimani era um dos nomes mais cotados para sucedê-lo no comando do país, segundo o jornal The New York Times, o líder supremo iraniano tem 80 anos.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.